>Segundo os psiquiátras, Chávez está maluquinho.

>Hahaha! Muito boa essa que vai abaixo! Veio do Prefeito do RJ, César Maia e eu encontrei no site Resistindo.

Claro que o César Maia é meio maluco e não se pode tomar como verdade absoluta tudo o que ele escreve. Mas o ponto aqui é outro. O texto abaixo vale pelo tanto que é engraçado.

1. Pelo menos dois psiquiatras venezuelanos (que pedem ter seus nomes ocultos pelos diplomatas com que conversaram ontem, por razões óbvias), a partir de relatos de pessoas muito próximas ao presidente Hugo Chávez, afirmam que o caso do presidente é muito delicado, pois é um caso de esquizofrenia projetada ou algo assim.

2. Chávez estaria convencido de ter incorporado a alma de Bolivar, e conversa com este, naturalmente, sempre que quer. E que, como Bolivar encarnado, tem que dar sequência a obra do “libertador”. O texto básico para isso é a Constituição -proposta por Bolivar desde a Bolívia, em que tentou implantar depois na Colômbia,etc…

3. Esta constituição -entre outras coisas- previa um “presidente vitalício” da república, e os demais poderes submetidos a este presidente. E um povo sem informação, que precisa ser conduzido. Bolivar e seu grupo tiveram uma vitória efêmera sobre o general Santander e conseguiram seu exílio. Na volta o grupo de Bolivar e ele mesmo, foram afastados do poder, e ” exilados” na Colômbia.

4. Cada vez que ocorre um conflito com ele e um dirigente de outro país, Chávez -ou melhor Bolivar- faz uma transferência para o passado e encarna Bolivar no conflito. Vê o Rei Juan Carlos como se fosse o rei Fernando VII e reproduz frases de Bolivar. Vê o presidente Uribe da Colômbia, como se fosse o presidente Santander, e procura vingar-se do que esse teria feito com ele -Bolivar, digo Chávez. Olha o Brasil como o Império e assim se refere a ele.

5. Um caso grave de psicopata que -segundo os interlocutores disseram ontem- deve ser acompanhado como o maior cuidado, pois casos como esse podem produzir qualquer tipo de ação, sem limite previsível. O melhor -segundo eles- é não confrontar e deixar que -em crise- fale só e se acalme. O tempo -só faz agravar um caso desses- sem ser submetido a tratamento.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s