>Marta e a baixaria sem limites.

>

A imagem acima é o fac-simile de um folheto distribuído pela campanha da petista Marta Suplicy entre os eleitores paulistanos. Para melhor compreender a falcatrua que a canalha está armando, vamos ao texto abaixo, publicado na Folha on line:

A campanha da candidata Marta Suplicy (PT) distribuiu nesta terça-feira um panfleto acusando seu rival no segundo turno, o prefeito Gilberto Kassab (DEM), de tentar derrubar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No texto, Kassab é descrito como inimigo do presidente e que seu objetivo é acabar com os programas sociais implantados pelo governo federal.

(…) “[Kassab] é cria de Maluf, associado de Pitta. Kassab é o inimigo do presidente Lula. Filiado ao DEM, antigo PFL, Kassab e seus aliados querem derrubar o presidente da República. Espalham o ódio contra o seu governo, querem voltar ao poder para acabar com as políticas sociais atuais”, diz o texto.

Questionada sobre essas acusações, Marta disse que não conhecia o conteúdo de seu material de campanha. “Deus me livre, eu não sabia disso não”, afirmou Marta, demonstrando surpresa.

(…) No mesmo panfleto, Kassab também é acusado de diminuir o atendimento à gestante negra. “[Kassab] reduziu o pré-natal da gestante negra em 22 das 31 subprefeituras. Resultado: a mortalidade materna voltou a aumentar em São Paulo”, diz o texto.

Sobre o tema, a assessoria de Marta afirmou que os números foram retirados do site do Movimento Nossa São Paulo.

Kassab promete processar a campanha da ex-prefeita. “Eu orientei a minha assessoria jurídica que analise a possibilidade de adotar medidas criminais contra a campanha da ex-prefeita porque ela, inclusive, foca nesse panfleto discriminação racial. Isso é inaceitável. É um desrespeito com o eleitor paulistano. Um abuso da campanha da candidata”, afirmou Kassab depois de participar de sabatina realizada pela Folha.

Não, ainda não é hora de atingir o ápice da indignação. Acreditem, essa gentalha ainda pode descer muito mais.

Marta e o petismo pogreçista arremessaram a campanha paulistana na lama. O desespero diante da derrota anunciada levou a mulher do argentino a apelar para as táticas mais rasteiras e arrivistas que existem na política. O que a campanha do PT está fazendo em São Paulo não se vê nem nos piores rincões do país, onde o coronelismo ainda se faz presente.

Tenho muita estima pela inteligência dos paulistanos para acreditar que uma tática tão rastaqüera possa se mostrar frutífera. Acredito firmemente que dona Marta não ganhará um só voto a mais em razão de sua campanha suja e difamatória. Ainda assim cumpre manter a vigilância democrática necessária.

Ainda que não haja efeito na eleição municipal em disputa, o lixo estampado no panfleto em questão ilustra muito bem o que é a mente sociopata dessa gente e o tal “jeito petista de governar”. Isso é a prova cabal de que os companhêros não acreditam na democracia nem respeitam seus fundamentos basilares. Basta que se vejam ameaçados de perder nas urnas para decidir solapar a civilidade e mandar às favas os princípios. A única coisa importante para eles é o poder. Não importa a qual preço.

Chamo especial atenção para a mentira acerca das gestantes negras. A coisa é tão absurda que basta um pouco – um pouquinho só! – de lógica cartesiana para saber que uma prefeitura simplesmente não dispõe de mecanismos para conduzir uma política tão discriminatória. Ou seja, ainda que se pretendesse fazer algo tão abominável – O QUE NÃO É VERDADE! – seria impossível executar tal medida. Mas esperar o que do petismo? Os dados, ressalto, teriam sido fornecidos por uma ONG independente chamada “Nossa São Paulo”. Hum… Nossa de quem, cara-pálida?! Só se for “a São Paulo deles”.

Para quem não sabe, o “dono” da tal ONG é Oded Grajew, ex-empregado de Lula e do PT em Brasília. O sujeito é apenas mais um dos tantos esbirros que o petismo – e o pogreçismo em geral – mantém nos tais “movimentos sociais”. Grajew é uma espécie de CUT, de MST, de CNBB, de UNE. Nada mais que isso. O que ele escreve, faz e defende é só retórica partidária.

Posso imaginar o que teremos em 2010 se o candidato petista estiver em dificuldade eleitoral. Lembram que o PT acusou Serra de fazer a tal “campanha do medo”, em 2002? Isso vai ser brincadeira de crianças perto do que os bandoleiros da estrelinha farão em nome de “continuar a busca pela justissa çoçial“.

Essa gente me dá nojo!

Anúncios

3 ideias sobre “>Marta e a baixaria sem limites.

  1. Catarina

    >É incrível a capacidade dessa gente de descer sempre mais!O que eles pensam? Acham mesmo que podem ganhar o voto dos paulistanos com uma campanha tão vil e pequena? Estão muito enganados! São Paulo vai aplicar ao PT uma sonora derrota, do tipo que o partido está merecendo há bastante tempo.Não conhecia a história sombria por trás da ONG Nossa São Paulo. É incrível que eles sentem a necessidade de aparelhar tudo, não tem jeito de escapar. Que coisa mais nojenta!

    Resposta
  2. Anonymous

    >Queria que essa dona Catarina, tão indignada, me dissesse onde está o erro ou a mentira no panfleto feito pela campanha da Marta.Não é fato que os tuco-demos querem derrubar Lula e voltar ao poder que sua raça ocupou desde que o Brasil era uma colônia da Europa?Vão acabar com os programas sociais sim, afinal essa gente preconceituosa nunca gostou de pobre, só de banqueiro. Por isso o “sociólgo” FHC fez o PROER.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s