A única coisa que importa.

A coisa mais importante na vida de alguém não precisa de muitas tergiversações retóricas para ser dita. Basta uma frase direta e eloquente: Hoje nasceu meu filho. O que precisaria ser dito a fim de complementar o que vai acima? Nada.

Por um momento é possível compreender que nada mais importa, afinal conheci a única coisa que verdadeiramente importa. O conflito no Oriente Médio é só um aborrecimento jornalístico; as falcatruas dos petralhas não significam nada de relevante; o comportamento rasteiro e vergonhoso desta República filoterrorista não me interessa mais nada. Porque tenho em meus braços um pequeno ser de 3,3 Kg e que mede 51cm. E segura em suas pequenas e frágeis mãos o meu coração, onde passará a bater pelo resto da vida.

O milagre da vida é mesmo algo inexplicável. Meu amado filhote não só trouxe uma nova razão de ser para minha simplória existência. Também permitiu que eu me apaixonasse uma vez mais por sua mãe, capaz de unir em seus traços poéticos a fragilidade de uma moça à força de mulher incrível, que vai estar ao meu lado e me protegerá para todo o sempre.

Caros, as palavras esquivam-se do meu teclado, ligeiras como a respiração delicada da pessoa mais importante que habita este cômodo de onde escrevo. Isso acontece por uma obviedade tão incontestável quanto o nascer do sol: não há palavras suficientes para descrever o maior amor do mundo. Por isso eu me despeço, para curtir a insônia que vem a reboque da paternidade. E, sim, acho tudo muito divertido agora. Afinal tenho que acordar para velar o meu filho!

Anúncios

14 ideias sobre “A única coisa que importa.

  1. mike osoviskh

    >Tenho acompanhado seu blog. O que me impedia de comentar era a certeza de que no momento em que fizesse isso, meu IP, meu CPF, e tudo relacionado a minha vida estaria em minutos nas mão dos petralhas, pois com certeza eles monitoram cada voz discordante. E eles tem meios pra isso. Mas quem vive com medo nao vive. Parabéns para vocë, sua esposa e para seu filho.

    Resposta
  2. George

    >Desejo muitas felicidades do fundo do coração a você, sua esposa e seu filho. Fui pai no ano passado e sei que é algo indescritível. Espero que ele seja um bebê bem comportado e permita que você volte ao “trabalho” logo.

    Resposta
  3. NEO

    >Leio os seus textos já faz algum tempo, mas sempre resisti ao desejo de participar dos comentários e debates. Principalmente para escapar da “legião”, que patrulha a internet. Mas não poderia deixar de expressar minhas felicitações pelo acontecimento maravilhoso que você está vivendo.

    Resposta
  4. Morena Flor

    >Olá!Sou nova leitora daqui do blog, e te dou meus parabéns pelo seu filhinho! Muitas felicidades e tudo de bom p/ vc, sua esposa e seu bebê tb!Sejam felizes, sempre!:)

    Resposta
  5. Pingback: Quando a vida faz sentido. | Construindo pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s