>Evo Morales tentando me agradar.

>

Quando eu escrevo que o ridículo do pogreçismo bolivariano é ilimitado, ainda vem gente aqui me censurar… Dizem que eu pego muito pesado com o mico mandante Chávez e com seus macaquitos espalhados pela América Latina.

Bobagem! Nunca se é severo demais com essa gentalha. Sabem qual é a mais recente estupidez deles? Não?! Pois vejam abaixo, em matéria do O Globo Online, o que o índio de araque, Evo Morales, falou acerca do tal “golpe” promovido em Honduras (íntegra aqui):

O presidente da Bolívia, Evo Morales, reiterou na segunda-feira acusações contra os Estados Unidos pelo golpe de Estado em Honduras, e disse ter informação sobre a participação da potência mundial na derrubada do presidente Manuel Zelaya.

(…) – Tenho informação de que o império, mediante o Comando Sul dos Estados Unidos, realizou o golpe de Estado em Honduras – disse Morales a jornalistas em Montevidéu, sem dar mais detalhes. (…)

É uma agressão, uma provocação do império. Com Tabaré Vázquez expressamos nossa solidariedade e apoio ao presidente Zelaya. Os dois países não vão reconhecer nenhum outro presidente – comentou Morales. (…)

Quem dera, Evo! Quem dera… Infelizmente, sabemos, não é assim… Os Estados Unidos, sob o governo do Presidente-de-ébano, Hussein, não parece mais propenso a proteger a democracia ao redor do mundo. Antes, o Cristo de Illinois tem se mostrado muito amigo di ditadores os mais facinorosos, emprestando solidariedade ao botocudo Zelaya e rebaixando a América à agenda bolivariana do chavismo.

Sim, no meu mundo ideal a maior e mais importante democracia da história deveria mesmo ajudar a escorraçar um canalha como Zelaya do poder! E mais: não faria mais do que sua obrigação se assim agisse. Mas a verdade é que Evo Morales, o dublê de Mercedes Sosa, só está exercitando sua má e velha retórica antiamericana – que é a mesma retórica antidemocrática. Aliás, não deixa de ser curioso notar que os aliados bolivarianos de Hussein não exitam em lhe chutar o traseiro na primeira oportunidade. Pouco importa que o Messias negro tenha emprestado apoio à causa chavista, alinhando-se contra o governo constitucional de Honduras. Se acaso o Salvador havaiano esperava ganhar a simpatia da canalha filmarxista que tomou de assalto a América Latina, quebrou a cara. A resposta à mão estendida de Hussein foi uma grande patada!

P.S.: A bela e divertida imagem que ilustra este post foi criada por Raphael R. Barbosa, mais um querido leitor deste blog. Nela, a Formiga Atômica – que sempre esteve do lado do bem – representa a pequena Honduras e sua luta por democracia e liberdade.

Anúncios

2 ideias sobre “>Evo Morales tentando me agradar.

  1. Raphael R Barbosa

    >Obrigado, Lucas, pelo elogio. E muito obrigado, Yashá, por publicar.A cada dia me convenço mais da valentia e bravura do povo hondurenho. O que está acontecendo naquele país vai além da nossa compreensão e somente a história poderá colocar esse contragolpe de Honduras no lugar de destaque que merece.Pela primeira vez um país afrontou os caudilhos chauvinistas e chavistas, defendendo a democracia. Honduras, desse modo, se iguala aos EUA de 1776, à França de 1789 e ao Dia D na Normandia.Viva a Democracia! Viva Honduras!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s