>Zelaya, o vagabundo terrorista, recebe ajuda do Brasil!

>

Sabem qual é a manchete do G1, o portal de notícias da Globo.com? Vejam:

Presidente deposto está na Embaixada do Brasil em Honduras

Eu pergunto: ele está preso? Detido? Vai ser entregue às autoridades do governo constitucionalista de Honduras? Se for isso, tudo bem. Se for qualquer outra coisa, quer dizer que o governo petista do Brasil está colaborando com o terrorismo golpista inventado por Hugo Chávez!

E, convenhamos, conhecendo Lula como nós conhecemos, dá pra apostar que esta é só mais uma demonstração de simpatia do Itamaraty para com um protoditador terceiro-mundista. Essa gente não se cansa de nos envergonhar!

Anúncios

5 ideias sobre “>Zelaya, o vagabundo terrorista, recebe ajuda do Brasil!

  1. Arthurius Maximus

    >Na realidade o cara parece ter "brotado do chão" por lá. Essa é a versão oficial. Mas fica difícil de acreditar quando sabemos que ele chegou escondido num avião venezuelano e procurou abrigo logo na embaixada brasileira? Por quenão na da Costa Rica que é o mediador oficial da questão?Está claro que o Brasil meteu os pés pelas mãos na questão e se colocou numa situação doficílima, da qual Hugo Chávez malandramente correu.Se Zelaya assumir, Chávez levará as honras por ter "planejado" um retorno audacioso. Se o "bicho pegar" e o governo hondurenho "meter o pé" e violar as leis internacionais invadindo a embaixada; quem vai "segurar a onda"? Declararemos guerra a Honduras?Esse é um prolema que não é nosso e do qual não precisávamos.Incompetência e falta de visão de um gverno que se preocupamais em aparecer do que com a real situação de seu povo.

    Resposta
  2. BraveHeart

    >O apoio brasileiro ao terrorismo bolivariano é vergonhoso e deprimente! As forças armadas de Honduras deveriam prender Zelaya e levar junto o tal Celso Amorim.

    Resposta
  3. Yashá Gallazzi

    >Arthurius, seu comentário é a síntese perfeita da leniência (ou seria "leniniência"?) do governo Lula.Só observo que o violador das leis internacionais, por enquanto, é o Brasil. Foi o Brasil que rasgou a carta da OEA ao decidir pela intervenção em um país estrangeiro. E não há meis palavras: receber um golpista deposto é, sim, intervenção!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s