>Ligeiríssimas.

>

Sim, eu substituí aquela seção chamada rápidas e rasteiras por esta, denominada ligeiríssimas. Por quê? Bem, pra ver se elas, de fato, se tornam mais… rápidas! Ao trabalho:
Menos mal, não é? A “mulher de César”, vê-se, está tentando parecer honesta… Só posso aplaudir o novo ministro, afinal afastar-se do julgamento de hoje era a única escolha moral possível! Qualquer outra, seria um atestado de partidarismo dos mais abjetos. Resta esperar, agora, pela decisão final do STF, que, espero, mandará o vagabundo terrorista e homicida de volta para as prisões italianas!
2) Saiu o novo ranking da Forbes.
E daí? Bem, daí que Hussein Obama, o Presidente-de-ébano, foi considerado o homem mais influente do mundo. Sim, nós – reacionário malvados que gostamos de laranja – achamos isso uma piada. Mas vá lá… Deixemos essa alegria para o Cristo negro, né? Algo assim: “Tá bom, Obama. Você leva isso e mais o Nobel, e pronto! Vai pra casa em 2012 sem birra, tá?!”
E Lula? Bem “o Cara” também está na lista. Mais precisamente em 33º, à frente de… Bem… Deixa ver… Ah, achei! À frente de Osama Bin Laden! Nossa! Os petistas devem estar eufóricos, não é? Parabéns para eles.
O detalhe mais curioso, porém, é a 67ª colocação de Hugo Chávez, o mico mandante venezuelano. Sabem atrás de quem ele ficou? Bem, de Blairo Maggi (62º). Não, eu não tenho nenhuma simpatia especial por Maggi, mas não deixa de ser engraçado: um dos sujeitos mais odiados pela esquerda revolucionária, ficou na frente do ídolo maior dela. Isso aborrece os lunáticos bolivarianos, podem apostar. E se aborrece eles, me faz feliz…
Ai, ai… Que preguição, heim? Não importa para que lado se olhe: há idiotas por toda a parte. E defendendo causas as mais estúpidas! Não vou publicar aqui as fotos do – vá lá… – “protesto”. Vocês conhecem as regras do blog: não admito baixaria e atentado aos bons costumes aqui. E as moçoilas que ficaram parcialmente desnudas no episódio, deixando os seios à mercê da brisa, não são muito – como direi? – “privilegiadas esteticamente”… Isso de acordo com o meu gosto pessoal, é claro. Aliás, já perceberam que as jovens revoluçonáreas são sempre as menos bonitinhas? E isso nem é só na juventude, não. Digam aí quem é melhor: Heloísa Helena ou Kátia Abreu? Sarah Palin ou Marina Silva? Pois é…
4) DEM leva Dilma às cordas.
Parabéns ao Democratas, que emitiu uma nota brilhante acerca do apagão de outro dia. No tom certo – duro e disposto ao enfrentamento -, os oposicionistas do DEM chamar as coisas pelo nome e apontaram o dedo na cara da verdadeira responsável pelo problema, Dilma Rousseff, a ex-terrorista e ex-sequestradora que o PT quer levar à Presidência. Vejam alguns trechos do documento:
“(…) a Comissão Executiva Nacional do Democratas exige que a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, explique por que impôs um modelo de gestão atrasado e vulnerável ao sistema elétrico. O modelo Dilma tem como pilar o aparelhamento nocivo do Estado.”
” (…)O Democratas espera que a ministra assuma as suas responsabilidades, uma vez que, tão grave quanto ser culpada pela imposição de um modelo equivocado, é fugir na hora de explicar à Nação (…)”
Perfeito! Simplesmente perfeito!


5) Minha coluna no Perspectiva Política.
Com algum atraso, deixo aqui o convite para vocês leiam minha última coluna publicada no Perspectiva Política. Nela, analisei o resultado do Election day americano ocorrido na terça-feira passada, quando os Republicanos deram uma sonora surra nos Democratas e, em especial, em Hussein Obama, o Presidente-de-ébano. Abaixo um pequeno trecho: 
“(…) Ainda na esteira do que Lévi-Strauss ensinou, lembro o que ele respondeu quando perguntaram se ele se identificara com os índios brasileiros: “De jeito nenhum!” Por que isso? Bem, porque o primitivismo, o tal saber natural do “bom selvagem” simplesmente não tinha nada a ensinar ao saber tradicional, aquele dos livros e dos bancos de escola. Eu, quando me perguntaram se me seduzia a retórica obamista, sempre respondi: “De jeito nenhum!” Ponto pra mim! Os selvagem da intelectualidade, assim como os obamófilos do mundo, quebraram a cara. E quando essa gente se arrebenta, é sempre melhor para a democracia. (…)” 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s