>Minha candidata.

>

A senadora Kátia Abreu precisa falar mais ao país. E as oposições precisam perder o medo de dar a ela o destaque que ela merece. Não se enganem: estamos diante de um dos melhor quadros políticos, principalmente porque ela não tem medo de dizer o que pensa. Vejam:
“Livre iniciativa, seguranca jurídica, direito de propriedade, cumprimento de contratos, direito à justica, liberdade expressão. Isto é democracia.” – Kátia Abreu, via Twitter (@KatiaAbreu)
Eis aí o resumo do programa de governo ideal. Aquilo que o Brasil precisa para receber um choque de modernidade, deixando de vez a idade da pedra em que se encontra atolado.
Ela sintetizou em um único tweet aquilo que os homens da oposição não têm coragem de defender publicamente, por medo de parecerem “conservadores e de direita”. Aos diabos com isso! O que vai acima não é pauta “da direita”! É a pauta do mundo civilizado e desenvolvido! É o que falta em Cuba, na Venezuela e no Irã, lugares que Lula, Dilma e o PT adoram.
Eu queria muito poder votar na senadora Kátia Abreu. Para isso, ela precisaria concorrer à Presidência… Quem sabe isso não acontece logo… Talvez se ela aceitasse ser vice de Serra, ganhando o destaque nacional necessário. Chegou a hora de uma mulher? Que seja alguém que defende a democracia, não uma ex-terrorista!
Anúncios

7 ideias sobre “>Minha candidata.

  1. George

    >Desculpe, mas onde isso é relativizar a escravidão? Ué, as condições de trabalho realmente mudam de uma realidade pra outra.Antes da revolução industrial, as mulheres não trabalhavam em fábricas de carvão quase 24h por dia. Mas negar que o advento daquela era moderna foi bom para elas é mentir, já que antes trabalhavam quase 24h por dia nas lavouras, em condições ainda piores.A senadora Kátia Abreu não relativizou a escravidão. Apenas revelou uma verdade inconveniente, como o senador Demóstenes. E, por isso, o politicamente correto está tentando crucificá-los.

    Resposta
  2. Anonymous

    >Yashá Gallazzi,Primeiramente parabénspelo Blog! Ele é ótimo econsciente-coerente.Estou visitando aqui pela primeira vez e adorei.Bem, como gostei já vou tomando a liberdade de pedir ou saber de você se posso colocar o seu texto sobre a "greve" dos "professores" de São Paulo que tive o prazer de ler no Perspectiva Política rodando na Internet por meio de alguns gruposque lutam para livrar o país desta caterva PETRALHA.Bom, caso você permita será lhe dado o devido crédito e citada a fonte.Desde já antecipo meus agradecimentos.Abraços,PS: Volto pra saber sua resposta e deixar o meu e-mail

    Resposta
  3. Anonymous

    >Yashá Gallazzi,Primeiramente parabénspelo Blog! Ele é ótimo econsciente-coerente.Estou visitando aqui pela primeira vez e adorei.Bem, como gostei já vou tomando a liberdade de pedir ou saber de você se posso colocar o seu texto sobre a "greve" dos "professores" de São Paulo que tive o prazer de ler no Perspectiva Política rodando na Internet por meio de alguns gruposque lutam para livrar o país desta caterva PETRALHA.Bom, caso você permita será lhe dado o devido crédito e citada a fonte.Desde já antecipo meus agradecimentos.Abraços,PS: Volto pra saber sua resposta e deixar o meu e-mail

    Resposta
  4. Nezimar Borges

    >CARA, JÁ HAVIAM ME ATENTADO QUE VOCÊ É DOIDO VARRIDO. AGORA VEJO QUE REALMENTE O É! E É UMA PENA, A SUA INTELIGENCIA SER DESPERDIÇADA DESSA MANEIRA. TOTALMENTE INCOERENTE. VC MANCHA O HISTORICO DE LUTADOR DAS CAUSAS SOCIAIS DEFENDIDAS POR SEU PAI. MAIS UMA VEZ Q PENA!!!

    Resposta
  5. Yashá Gallazzi

    >Nezimar, seja bem vindo ao blog. Sinta-se livre para visitá-lo sempre, mesmo discordando daquilo que escrevo.Viu? Não é tão difícil manejar os recursos da boa educação. Apesar disso, há quem prefira atacar diretamente os outros, apenas por não tolerar as divergências.Eu, por exemplo, não vou ao seu blog chamá-lo de "doido varrido" simplesmente porque você enaltece assassino em série como Guevara, Trotski, Gramsci e Marx – este último o pai de todos os outros. É a sua escolha e, no meu mundo ideal, você pode viver com ela. Isso se chama liberdade e tolerância, meu caro. Coisa que a sua ideologia não admite, lembra? Basta ver o que acontece com os que divergem de Fidel Castro, que você também deve admirar.Esclareça algo: eu seri "totalmente incoerente" com relação a quê? Qual é o parâmetro? As crenças de outrem? É isso?!Não! Eu não "mancho o histórico" de quem quer que seja, porque não sou uma extensão de ninguém. Sou autônomo, com pensamento próprio. Não respondo a outros – nem mesmo ao meu pai. Guardo divergências importantes com ele. Maiores do que você possa imaginar. Ele, por exemplo, torce pro Corinthians, coisa que acho absurda!A divergência é parte da vida em sociedade. Quem decidiu que eu deveria ser um espelho de outra pessoa?Eu poderia discorrer sobre o quão reveladora é essa sua visão: mostra bem como a sua ideologia vê o mundo. A divergência nunca é tolerada, não é mesmo?Um conselho derradeiro: não sofra pelo meu pai. Ele sabe muito bem compreender as divergências, a despeito das viúvas do Muro de Berlim.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s