>Presidente da OAB critica juiz que faz do tribunal o seu "reinado".

>

Leiam o que vai abaixo, publicado no site da OAB:
O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, saudou a decisão unânime tomada hoje (06) pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), de instaurar processo administrativo disciplinar para apurar graves indícios de infrações disciplinares cometidas pelo presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Amazonas, desembargador Ari Moutinho da Costa. Moutinho também foi afastado de suas funções jurisdicionais tanto no Tribunal de Justiça do Amazonas quanto no TRE-AM. “Fiquei estarrecido diante do relato feito pelo ministro Gilson Dipp – relator do caso -, da postura do presidente do TRE. É daqueles casos típicos em que o presidente de um tribunal faz do Poder Judiciário seu verdadeiro reinado“, afirmou Ophir ao participar da sessão plenária do CNJ.
(…) Para Ophir, as condutas do desembargador indicam que ele se sentia dono do Tribunal, tendo agido com o coração na hora de influenciar na contratação de seus filhos, e não com base na postura que se espera de um magistrado. “Esse momento, o de afastar um magistrado, é lamentável e difícil. No entanto, devemos saudar o CNJ, que demonstra, uma vez mais, o caminho correto a ser seguido pelos juízes e pela sociedade”, afirmou Ophir, que enalteceu, diante do caso, a importância da resolução antinepotismo já editada pelo CNJ.
Hoje é um daqueles dias de ir à forra… Afinal, vai ficando claro que algumas das críticas feitas aqui não são pensamentos isolados deste vosso criado, mas realmente a defesa de valores fundamentais da democracia e da liberdade. Considerando o teor da decisão do CNJ, aliás, a coisa ganha uma dimensão ainda maior: este blog pode dizer sem medo de errar que sempre esteve DO LADO DA LEGALIDADE!
Muito pertinentes as palavras do presidente da OAB, afinal é realmente absurdo ver um magistrado transformar um tribunal no seu “reinado” particular. Um juiz nada mais é que um servidor público, ou seja, ele está lá para prestar serviços à sociedade, não para se erguer acima dela. E isso, meus caros, é matéria de fato, independentemente do pensem alguns.
Duvido que o presidente da OAB leia este humilde blog, mas, ainda assim, fica aqui o convite para que visite o Amapá em breve. Acho que seria muito rico para este estado respirar um pouco os conceitos de democracia, liberdade e respeito pela coisa pública que ele demonstrou hoje, ao comentar a corajosa decisão do CNJ.
Anúncios

4 ideias sobre “>Presidente da OAB critica juiz que faz do tribunal o seu "reinado".

  1. Kiara Guedes

    >O que temos visto é o tal falado "Estado Democrático de Direito" sendo uma folha de papel que depois de rabiscada é jogada na lixeirinha mais próxima….Lembro que acompanhei a época em que Ophir Cavalcante, era presidente da OBA/PA, foi quem me assinou minha carteira. Episódios como esse nos "animam", pelo menos a acreditar que ainda há interesse na democracia.c

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s