>Pesquisas esquisitas do "braziu". Ou: o porquê de Dilma NÃO ESTAR À FRENTE DE SERRA EM SÃO PAULO.

>

Eu já disse que não entro em correntes conspiratórias que acreditam na submissão de Ibope e Datafolha a PT e/ou PSDB. Tirando Vox Populi e Sensus, que até a grama da Esplanada dos Ministérios sabe que estão no bolso do petismo, aqueles outros dois institutos citados em primeiro lugar não possuem ligações com este ou aquele grupo. Isso não quer dizer que não se possa criticar os levantamentos por eles apresentados, inclusive apontando falhas no método e – por que não? – duvidando dos prognósticos.
Escrevi abaixo que duvido de boa parte dos números apresentados por Datafolha e Ibope. Vou além: acho que eles vão quebrar a cara com alguns resultados vindos das urnas, no próximo dia 3 de outubro. Isso quer dizer que são desonestos? Em essência, não. Quer dizer que podem ter se deixado contaminar por esse clima de “já ganhou”, que ronda a campanha presidencial de Dilma, e que tenham deixado de fazer o próprio trabalho com o necessário capricho. E isso, meus caros, não é especulação. É coisa possível de se apontar com números, basta saber fazer continha básica. Ao trabalho:
Segundo o Datafolha, Dilma teria ultrapassado Serra em São Paulo, onde lideraria as intenções de voto por 41% a 36%. Desde que tomei conhecimento de tal resultado, cravei aqui: está incorreto! Por quê? Bem, questão de matemática, como já disse.
Segundo o mesmo Datafolha (atenção: estou usando dados do mesmo instituto!), Alckmin lidera a disputa para o governo de São Paulo com folga, tendo 54% das preferências contra 20% de Mercadante. E daí? Bem, daí que sempre de acordo com o Datafolha, 80% dos eleitores de Alckmin delcraram voto em Serra! Não se enganem: é uma enormidade!
“Ah, mas e os demais eleitores? Não são só os eleitores de Alckmin que contam!”, poderá gritar os apressadinhos. É, não são. Vamos conhecer mais números interessantes:
– Como dito, 80% dos que votam em Alckmin, dizem votar em Serra;
5% dos que votam no tucano, dizem votar em Dilma;
39% dos que votam em Mercadante, declararam voto em Serra;
31% dos que escolhem o petista, também dizem votar em Dilma.
Meus caros, a matemática não é uma opinião, certo? A pesquisa do Datafolha ouviu 2.088 eleitores. Tomemos esses números como referência e passemos a analisar, a partir dos dados fornecidos pelo próprio instituto de pesquisa, a realidade das coisas:
– 1.127 pessoas disseram votar em Alckmin;
– 417 estão com Mercadante;
– 544 declararam voto em algum dos outros candidatos.
O que isso permite concluir? O seguinte:
Declararam voto em Serra 1.063 pessoas (903 eleitores de Alckmin, 162 de Mercadante);
Declararam voto em Dilma 185 pessoas (56 eleitores de Alckmin, 129 de Mercadante).
A diferença entre o tucano e a petista, como se nota, é clara. Digam os que quiserem os petistas, mas os números acima não mentem: não há como sustentar, com base na lógica, a tal liderança de Dilma em São Paulo.
“Mas e os outros candidatos?” Sim, eu não esqueci deles. Gente que vota em Russomano, Búfalo, Skaf e companhia pode, claro, votar também em Dilma. Mas isso não mudaria nada! Mesmo que os eleitores de todos os demais candidatos juntos (544) escolhessem Dilma, ELA AINDA FICARIA ATRÁS DE SERRA! Vejam lá: 185 + 544 = 729, ou seja, 334 a menos que Serra!
Fica a dica, Datafolha: a eleição ainda não acabou! Entrar na “onda” da vitória de Dilma já no primeiro turno pode ser arriscado. Melhor caprichar mais na próxima vez.
P.S.1: Este blog continua apostando que muita previsão vai quebrar solenemente a cara dia 3 de outubro. São Paulo não vai pra Dilma. Nem o sul! E digo mais: se ela não vencer – e bem! – em Minas, o segundo turno é certo.
P.S.2: Falando em pesquisas do “braziu”, vejam o que o Vox Populi aprontou: segundo os valentes, Lula gozaria da aprovação de – segurem-se nas cadeiras! – 100% dos eleitores do Ceará! Sim, não são 99%, nem 98%. São 100%! TODOS! Eu nem vou argumentar dizendo que isso é impossível, afinal, ainda que ninguém (nem um mísero reacionário) desgostasse de Lula em razão dos vários desmandos havidos em seu governo, sempre iria existir aque sujeito “do contra”, né? Aquele que ia dizer que não gosta só pra aporrinhar os amigos lulistas. Mas deixa isso pra lá. É o próprio Vox Populi que aponta A PALHAÇADA que é aquele levantamento ao dizer que a pesquisa tem margem de erro de 3,5% pra menos e… pra mais! Santo, Deus! É como se eles dissessem que de cada cearense, 1,035 pode aprovar Lula. É o fundo do poço, creiam. A definição perfeita para aquilo que se convencionou chamar, no Twitter, de #vergonhaalheia…
Anúncios

10 ideias sobre “>Pesquisas esquisitas do "braziu". Ou: o porquê de Dilma NÃO ESTAR À FRENTE DE SERRA EM SÃO PAULO.

  1. Anonymous

    >Olá, Somos da Rede Mobiliza (www.redemobiliza.com.br) e fazemos parte do time que representa oficialmente a campanha do José Serra.Acreditamos que a internet vai decisiva para virarmos o jogo nessa reta final da campanha e queremos que você faça parte disso! Vamos montar um time de sites que apoiam o Serra e todos os dias enviaremos conteúdos oficiais relevantes a serem divulgados.Envie seu contato de email para o redemobiliza@gmail.com com o título: "Sou parceiro".Contamos com você!

    Resposta
  2. Lennonsys

    >Quanto a pesquisa do Vox Populi há uma grande chance de sr manipulada mesmo. Mas de onde você tirou as declarações de que tantos por cento de candidato X votariam em canditado Y? Pelos artigos citados não vi nenhuma das informações, acho q o único quebrando a cara pro aqui é você. Se tem conhecimento sobre as citações poste os links para artigos ou para a própria pesquisa.quando aos textos achei meio confuso, tente escrever com mais clareza, fica a dica.

    Resposta
  3. Yashá Gallazzi

    >Lennonsys, os links que mostram os dados do Datafolha estão lá no texto, grafados em azul. Basta clicar lá e, pronto: você vai às páginas de onde tirei as informações – e poderá perceber que não "quebro a cara" coisa nenhuma.Quanto à redação, agradeço sua preocupação, mas acho que tá de bom tamanho. Prefiro exigir dos leitores que saibam interpretar parágrafos um tantinho mais longos que aquelas "listas de supermercado" bem ao estilo Paulo Henrique Amorim.

    Resposta
  4. Leon

    >Prezado Blogueiro;Realmente, além de absolutamente parcial, o que é ruim para quem escreve "para o mundo" (pelo menos em tese), você não entende (ou não deseja entender) coisa alguma de de Estatística.E agora, nem o datfolha e o Ibope são confiáveis, como eram há um mês atrás.Deixe disso cidadão !E em 03 de outubro a única surpresa quem terá é o Sr. José Serra, que colherá muito menos votos no Brasil inteiro, do que espera.Saiba porque dando uma espiada num fato singelo, mas muito significativo em:http://www.youtube.com/watch?v=GUNQy8eP-VA

    Resposta
  5. Anonymous

    >Yashá,os números da coordenação da campanha do Serra são muito discrepantes em relação a essas manipuladas pela mídia entreguista?Abraços!George

    Resposta
  6. Yashá Gallazzi

    >George, não tenho a menor idéia do que dizem os números da coordenação da campanha tucana. Eu voto em Serra, como não é segredo pra ninguém, mas não tenho ligação alguma com a campanha dele.

    Resposta
  7. Ederson Rocha

    >Creio que há um equívoco nas suas projeções. A pesquisa do Datafolha afirma o seguinte: -"Entre os que votam em José Serra (PSDB) para presidente, 80% votam no candidato do PSDB [Alckmin](…)".No texto, você diz o contrário:-"(…)sempre de acordo com o Datafolha, 80% dos eleitores de Alckmin declararam voto em Serra!"Desta forma, podemos projetar o seguinte:-Se 80% dos 36% que votam em Serra também votam em Alckmin, concluímos que 29% (arredondando) dos eleitores de Serra votam em Alckmin.-Se 39% dos 41% que votam na Dilma também votam em Alckmin, temos 16% (arredondando) dos eleitores de Dilma votando em Alckmin.Assim, temos 45% (29% + 16%) de votos para o Alckmin, na pesquisa que apura a preferência por Dilma em São Paulo, considerando apenas os eleitores de Dilma e Serra. Creio que os demais 23% (100 – 41 – 36), devem aproximar o percentual de Alckmin, 54%, obtido na pesquisa sobre Governdo de São Paulo.Obs: Também partilho da tua desconfiança sobre estas pesquisas eleitorais. Este comentário é apenas sobre a matemática.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s