>Eleições 2010 – Ibope confirma liderança de Alckmin e Cabral, mas mostra virada de Anastasia.

>

Aos números:
São Paulo:
Segundo o Ibope, Geraldo Alckmin aparece com 51% das preferências, 31 pontos a mais que Aloízio Mercadante, com 20%.
Inveja dos paulistas… “Inveja boa”, entenda-se. Tá aí um povo que realmente aprendeu a votar: depois de passar por Maluf e Marta, souberam que o legado de Covas merecia ser garantido e ampliado. E, convenhamos: entre Mercadante, aquele que “revoga o irrevogável”, e Alckmin, nem há disputa verdadeiramente…
Pessoalmente, acho que os paulistas devem continuar vigilantes, afinal sabemos que o sonho totalitário do PT não estará completo enquanto o partido não marchar sobre São Paulo. Com Lula entrando de sola na campanha estadual, acho bem possível que Mercadante suba mais, principalmente quando se considera que o píso histórico do petismo naquele estado costumava ficar na casa dos 30%.
P.S.1: Bora garantir a vitória do Serra aí por boa margem, paulistada! Du-vi-de-ó-dó que Dilma esteja à frente em São Paulo, mas o ideal é mesmo ganhar por ampla vantagem, pra mostra de uma vez que aí eles não entram.
P.S.2: Que tal se dedicarem a escolher melhor os representantes no Senado? Tá, eu sei que quem elegeu Sarney não tem moral pra cobra nada dos paulistas. Mas falo com a “autoridade” de quem, mesmo morando no Amapá, nunca votou no maranhense: Netinho de Paula no Senado?! Não dá…
Rio de Janeiro:
O atual governador Sérgio Cabral mantém uma liderança folgada no Rio. Segundo o Ibope, Cabral conta com 58% dos votos, contra 15% de Gabeira.
Eu insisto na tese que sempre defendi aqui: como diabos é possível que os cariocas reelejam um governador como Cabral em primeiro turno?! Não! Isso simplesmente não é possível!
Os cariocas são pródigos em promover “ondas de última hora”. Os 10% de indecisos mostram que há terreno fértil pra isso. Ainda acho que o povo do RJ vai no surpreender e forçar um segundo turno – o que não apaga o favoritismo de Cabral, que disputa apoiado pelas três grandes máquinas.
Minas Gerais:
Segundo o Ibope, deu-se a virada: Antônio Anastasia aparece com 35%, contra 33% de Hélio Costa.
Não há muito o que falar, né? A tendência é espantosamente clara, só não vê quem não quer. E, em homenagem ao Gabriel Azevedo, que foi perseguido por Costa em Minas, resta apenas dizer: #tchaucotonete!
P.S.: Alô, mineirada! Vamos calibrar esses votos e levar Serra também a virar o jogo! Levando SP, o sul e Minhas, não tem pra petralha nenhum!
Anúncios

Uma ideia sobre “>Eleições 2010 – Ibope confirma liderança de Alckmin e Cabral, mas mostra virada de Anastasia.

  1. Anonymous

    >Cabral vai ganhar por mérito próprio. Seu trabalho é exemplo a ser seguido em todo Brasil. Suas Upps e upas, CTPs e CVTs e investimento nas outras áreas estão levando o Rio de Janeiro ao caminho do crescimento continuo.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s