>O PT convoca sua "sociedade civil" para a guerra religiosa: "Comissão Brasileira Justiça e Paz" defende Dilma e ataca Serra.

>

Preparem-se para um post um tantinho longo, mas extremamente importante. Ao que parece, os braços do PT dentro da chamada “sociedade civil” resolveram aceitar o embate moral… Ótimo! Vai ser divertido, afinal nós temos do nosso lado a verdade, enquanto eles jogam o jogo com as armas de sempre: a mentira, a manipulação e a trapaça.
É evidente que as questões morais suscitadas na reta final do primeiro turno, principalmente aquela referente ao aborto, abalaram a campanha de Dilma. A prova disso é que a ex-terrorista está há dias usando a mesma assertiva para responder todo tipo de pergunta. “A Sra. aceita um copo de água?” E Dilma: “Veja bem, eu defendo a vida…” Uma piada! Eles acusaram o golpe, principalmente porque o PT sempre foi o responsável por ditar a agenda das campanhas, por pautar adversários e imprensa. Com o aborto a coisa mudou. Eles estão acuados, sentindo que uma “eleição ganha” pode acabar escapando. E todo animal acuado se deixa guiar só pelo instinto, partindo pra cima de qualquer jeito. O resultado? Bem… Desastroso…
Hoje um dos tantos grupos alinhados à agenda pogreçista resolveu sair em defesa de Dilma e do PT. Mais que isso: resolveu atacar Serra! Trata-se de um – como chamarei? – “clube” denominado “Comissão Brasileira Justiça e Paz”, que se pretende parte da igreja católica. Vejam abaixo matéria publicada no Estadão:
A Comissão Brasileira Justiça e Paz, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), manifestou-se, por meio de nota, “preocupada com o momento político na sua relação com a religião”. “Muitos grupos, em nome da fé cristã, têm criado dificuldades para o voto livre e consciente“, afirmou a entidade, no comunicado.
A manifestação deve endereço certo: o bispo de Guarulhos (SP), d. Luiz Gonzaga Bergonzini, que tem pregado o voto contrário à candidata petista Dilma Rousseff e um debate sobre o aborto que tomou conta das campanhas dos dois candidatos à Presidência.
“Dos males, o menor”, tem dito d. Luiz Gonzaga, ao defender o voto contrário a Dilma que, segundo ele, apoia o aborto. O bispo tem usado suas missas para acusar Dilma e o PT de terem incluído em seu programa de governo a defesa do aborto. Guarulhos, na Grande São Paulo, tem 1,3 milhão de habitantes.
Para o secretário-executivo da Comissão Justiça e Paz, Daniel Veitel [O nome corredo do sujeito é Daniel Seidel. Leiam a atualização ao final do post], Dilma foi a única candidata que se declarou claramente a favor da vida. “O José Serra (presidenciável do PSDB) não tem uma posição clara”, criticou. Veitel lembrou que a CNBB não impôs veto a ninguém nas eleições. Afirmou ainda que alguns grupos continuam induzindo erroneamente os fiéis a acreditarem nisso.
“Constrangem nossa consciência cidadã, como cristãos, atos, gestos e discursos que ferem a maturidade da democracia, desrespeitam o direito de livre decisão, confundindo os cristãos e comprometendo a comunhão eclesial”, afirma a nota da comissão.
A íntegra da nota mencionada na matéria acima pode ser lida aqui. Ao final do post há uma atualização feita por mim, explicando que o tal Daniel Veitel chama-se, na verdade, Daniel Seidel.
As inconsistências do raciocíno desse senhor chamado Daniel Seidel são assustadoras. Segundo o que ele teria dito, Dilma teria sido a única candidata a se declarar favorável à vida. Bem, trata-se, primeiro, de uma trapaça retórica, afinal ninguém jamais se declararia a favor da morte, não é mesmo? Nem Hitler! Nem Stalin! O mais grave, porém, é que estamos diante de uma MENTIRA das mais grandiosas já contadas nesta eleição! Mentira, eu disse? Sim, isso mesmo! Afinal, o apoio de Dilma ao aborto não é “boato”. É fato! E está documentado em vídeo.
Ora, se Dilma defendeu abertamente a LEGALIZAÇÃO DO ABORTO, como diabos esse senhor pode afirmar que ela é a única a “defender a vida”? De que vida estaria falando a tal “Comissão Brasileira Justiça e Paz”? Da vida dos bebês é que não… Mas as mentiras continuam.
Veitel teria dito também diz que “Serra não tem uma posição clara”. É mesmo? Novamente temos uma MENTIRA! Apenas mais uma TRAPAÇA! É notória a posição de Serra contra o aborto. E também em tal caso há vídeos confirmando isso. Diferente de Dilma, a ex-terrorista, não há nenhuma declaração de Serra, de qualquer tempo, defendendo a legalização do aborto. E desafio esse senhor a me provar o contrário! Já Dilma, como demonstrado, se disse várias vezes favorável à prática…
E mais: não há nenhum documento do PSDB, partido de Serra, em defesa do aborto. NENHUM! O PT, porém, APÓIA ABERTAMENTE O ABORTO. Isso também não é “boato” de internet. É parte do tal “Programa Nacional de Direitos Humanos – 3”, além de constar das diretrizes do próprio Partido dos Trabalhadores. Isso é fato! Está registrado! E Veitel pode espernear o quanto quiser, que não conseguirá mudar isso.
Mas então, por que o tal Seidel, da “Comissão Brasileira Justiça e Paz”, teria mentido de forma tão descarada? Bem, tenho cá comigo minha teoria, e vou compartilhá-la com vocês: esse grupelho representado por Veitel sempre nutriu simpatia por TERRORISTAS. E Dilma, bem… tem um passado terrorista…
Não! Não pensem que estou falando da boca pra fora. Ou que estou repetindo boatos. Nada disso! Este blog trabalha com fatos, e são estes que confirmam o que acabei de dizer. A “Comissão Brasileira Justiça e Paz”, supostamente tão preocupada com a democracia e com a vida, EMPRESTA APOIO A TERRORISTAS!escrevi a respeito no passado, mas a manifestação deles de hoje exige que se volte ao assunto.
No ano de 2006, essa mesma “Comissão Brasileira Justiça e Paz” emitiu uma nota pública DEFENDENDO O TERRORISTA OLIVÉRIO MEDINA! Isso está registrado até hoje no site oficial da CBJP, como vocês podem ver clicando aqui. Na coluna à esquerda, é facilmente localizável a “Declaração sobre Padre Olivério”. O que se lê no documento? Vejam (ele pode ser acessado aqui):
A CBJP – Comissão Brasileira Justiça e Paz, vinculada à CNBB – Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em sua última reunião da secretaria executiva, decidiu vir a público expressar a preocupação com a preservação da vida de Francisco Antonio Cadena Colazzo (Padre Olivério Medina), a depender das decisões que serão tomadas nos processos de solicitação de Refúgio por ele apresentado ao CONARE e da decisão do Supremo Tribunal Federal no pedido de extradição feito pelo Governo da Colômbia. Tememos pela vida de Padre Olivério, caso as decisões forem pelo retorno dele àquele país.

Há elementos que levam a crer tratar-se de um pedido de Extradição com motivações políticas, colocando em risco a vida do Padre Olivério, caso seja extraditado para a Colômbia.

Assim, solicitamos às autoridades brasileiras que sejam tomadas todas as medidas cabíveis no sentido de preservar a vida do Padre Olivério, por razões humanitárias e de defesa da dignidade de sua pessoa humana, pois Jesus, o mestre, nos ensina que veio “para que todos tenham vida e vida em abundância”. (Jo10,10).

Eis aí… É esse tipo de gente que defende Dilma e o PT. Os que se levantam para acusar Serra de não defender a vida, são os mesmos que se manifestaram para emprestar apoio a um TERRORISTA! Se pensarmos bem, faz todo sentido do mundo: a mesma gente que DEFENDE O ABORTO, também se preocupa com o bem estar de um TERRORISTA ASSASSINO! Eu pergunto: a “Comissão Brasileira Justiça e Paz” emitiu nota condenando a violência promovida por Medina e pelas FARC, na Colômbia? Ou na escala de valores deles, só terrorista merece proteção “por razões humanitárias”?
Desmistificada a tal “Comissão Brasileira Justiça e Paz”, como demonstrado um “clube” onde se fornece apoio moral a terroristas, me resta apenas externar minha surpresa com o petismo e seus braços dentro da “sociedade civil”. É isso o melhor que vocês têm? É com esse tipo de gente que pretendem vencer o embate moral e de valores? PODEM VIR! Suas mentiras serão escancaradas uma por uma, como fiz acima.
Não deixa de ser curioso que as duas – se me permitem… – “autoridades” que apareceram até agora para defender Dilma e o PT sejam assim tão sui generis… Primeiro Edir Macedo, o autoproclamado bispo que defende o aborto e usa – PASMEM! – a Bíblia para fazê-lo. Que Deus tenha piedade de sua alma ímpia. Agora esse tal de Veitel e a “Comissão Brasileira Justiça e Paz”, uma organização tão “humanista”, que já deu apoio a um TERRORISTA ASSASSINO! E as vítimas de Medina? E os inocentes sequestrados, estuprados e mortos pelas FARC, de Medina? Ah, esses não mereceram atenção…
O mesmo padrão horrendo, a mesma moral torta, voltam a ficar evidentes agora: quem se opôs enfaticamente ao aborto, é atacado e acusado de “não ter uma posição clara”. Já Dilma e o PT, que DEFENDEM O ABORTO, mereceram afagos. Como dito, faz sentido… Quem já deu apoio explícito a um terrorista, não teria por que ver problema em erguer lanças para defender uma… terrorista! A tal “Comissão Brasileira Justiça e Paz”, por conseguinte, está apenas mantendo seu padrão e honrando seus “valores”. Trata-se, como afirmei antes, de um simples “clube” que não me representa nem representa os católicos! A Santa Madre, pelo que me consta, não flerta com terroristas nem relativiza o aborto.
Repiso a questão já aventada antes: é isso o melhor que vocês têm? É com argumentos assim, bandidos por gente assim, que acreditam poder travar o embate moral e de valores? Que assim seja! Estamos prontos para destroçar, uma a uma, as inverdades de vocês!

* ATUALIZAÇÃO (8:13 do dia 7/10):
Navegando pelo site da tal “Comissão Brasileira Justiça e Paz”, descobri um erro material na matéria do Estadão: o secretário-executivo do “clubinho”, o tal Daniel Veitel, chama-se, na verdade, DANIEL SEIDEL. Naveguei um pouco mais e descobri que o Reinaldo Azevedo também já tinha atentado pra isso. Importante dizer que o nome errado não apaga os DESCALABROS ditos pelo sujeito!

Anúncios

12 ideias sobre “>O PT convoca sua "sociedade civil" para a guerra religiosa: "Comissão Brasileira Justiça e Paz" defende Dilma e ataca Serra.

  1. Tami

    >Vc é " O Cara" rs. Parabéns!! Pois é, bem que Jesus avisou:" muitos virão vestidos de cordeiros mas por dentro são lobos vorazes".Isso aee.Eles são todos lobos disfarçados de ovelhas.Tudo de bom pra vc.

    Resposta
  2. GuiGo

    >Yashá, creio que alguns já até observaram, mas pouco ou até agora nada tem se dito do principal argumento para a descriminalizaçao do aborto na entrevista em que a Dilma dá a Folha: O aborto deve ser legalizado por conta do mal sucedido combate às clínicas clandestinas.A fala da Dilma é no mínimo delinquente. "Não podemos ser hipócritas. Todos nós sabemos que a mulher de classe média que precisa abortar procura clinicas que tem boas condiçoes sanitarias e assim se submete ao processo cirurgico. A mulher pobre vai no primeiro açougue que encontra e morre. O Estado tem que legalizar para poder atender aos mais necessitados". É mais ou menos isso que ela diz naquele video. Aí eu pergunto: Qual o próximo art. do codigo penal vai deixar de ser crime porque o Estado não consegue punir o sujeito ou conjunto de pessoas criminosas que passam ilesas da sançao do Estado ?

    Resposta
  3. ArkAngel

    >" O Estado tem que legalizar para poder atender aos mais necessitados"Argumento pobre. Seguindo a mesma linha de pensamento, seria certo então legalizar o crack, que seria produzido por laboratórios certificados, a fim de evitar que o usuário morra por aspirar substâncias diversas presentes na droga.Como já disse anteriormente, o PT é o partido dos paliativos.

    Resposta
  4. andre

    >ArkAngel, também sou contra a "legalização" do Aborto, mas nem eu nem você somos "DEUS" e a nossa igreja não é a "dona" da verdade, senão o que será dos muçulmanos (a maior religião do mundo) . Não são também nossos irmãos e por divergirem de nossa fé irão todos pro “inferno” ? (quem decidirá? eu ou você ?) Acredito que seja Deus! Que bom, gosto dos árabes – o quibe então é fantástico

    Resposta
  5. Anonymous

    >Ser contra, a favor ou não ter opinião formada sobre o aborto, é natural para qualquer pessoa.Uma alta autoridade do Governo não pode é ter uma opinião e para fins eleitoreiros ter outra.Imagina essa posição dúbia em outros assuntos!

    Resposta
  6. ArkAngel

    >Andre, o cerne do problema não é a posição da candidata em relação a quaisquer assuntos. Opinião todos nós temos, e afirmar-se dono da verdade é muita presunção.O problema é a postura dúbia, em que percebe-se que não há sinceridade nas opiniões obtidas, nota-se que as mesmas são dadas de acordo com a conveniência do momento. A meu ver, isto se chama duas-caras. Reflete um traço da personalidade da candidata. Ora, como confiar em alguém assim?Dilma é como a água, ela assume a forma do recipiente que a contém. É a tal da "personalidade líquida".

    Resposta
  7. andre

    >ArkAngel, Serra quando se lançou candidato a prefeito de SP, disse que cumpriria seu mandato até o fim e, jamais disputaria o governo paulistano (cumpriu? é duas caras? o povo paulistano nao deveria mais confiar nele?). Me indique um "político" brasileiro que não apela à "dubiedade" quando é conveniente ser "politicamente correto" (se conhecer alguem me informe).

    Resposta
  8. ArkAngel

    >André, Serra foi duas caras sim. O fato de eu não gostar de uma candidato não torna o outro um santo.Caráter significa justamente aplicar sempre o mesmo peso e a mesma medida em quaisquer circunstâncias.Independente de qual candidadto for eleito, sempre os criticarei usando os mesmos parâmetro.Sabemos que nesta história não existem santos, mas convenhamos, a Dilma está exagerando, ou pior, fazendo galhofa da inteligência dos brasileiros. Isso é demais.Serra é tão safado quanto Dilma? Pode até ser, mas se realmente for, então é com certeza mais inteligente, pois se fez alguma malandragem, está muito bem disfarçada. O PT zomba do povo. Dá um tapa na cara e depois faz carinho.O Bolsa-não sei-o-quê é humilhante, é a propria declaração aberta de que o povo é incapaz. E é mesmo. Culpa dele? Nem tanto. É falta de estímulo por parte de quem tem esta obrigação. O forte deve proteger o fraco, e não pisar em cima. Mesmo que seja com sapato de pelica.No mais, grato por ajudar a promover uma discussão civilizada.

    Resposta
  9. andre

    >ArkAngel, nao distingo da minha, a sua concepção de vida e valores, concordo plenamente com você que o político deva ser, digamos , autentico no que pensa, diz e age, porém…….P.S. Quanto ao Bolsa Familia (que alias o Serra promete o 13 bolsa)vejo-o como importante instrumento de distribuição de renda, apesar de não propiciar , ainda, uma válvula de saída para os que nele ingressam. Nao esqueça que antes do Bolsa o "preguiçoso" nordestino tinha que cortar cana na zona da mata recebendo, digamos, aquela "contribuição", muito próxima da semiescravidão. O latifundiário, hoje, acusa o Bolsa Familia, de ter criado um "bando" de preguiçosos , convenhamos: com o "salario" que recebiam antes, até eu preferiria ficar em casa. Ja que divergimos, sobre o futuro de nossa patria, que pelo menos, o facemos com civilidade. parabéns também a você.

    Resposta
  10. ArkAngel

    >Caro André, não sou contra o Bolsa-não-sei-o-quê, é inquestionável que sem o primeiro empurrão ninguém vai para a frente.O que não aprovo é o jeito que o benefício é colocado, não exigindo nada em comtrapartida. Veja um exemplo:Na Dinamarca, e em mais alguns países europeus, existe o seguro-desemprego, acredito que seja mais ou menos US$ 1000,00 por 12 meses. Só que existe uma diferença:-o próprio empregador, ao despedir um funcionário, é obrigado a cadastrar o nome do mesmo em um programa de emprego do governo; a partir do momento em que há uma vaga disponível na área do interessado, o mesmo é obrigado a aceitar o trabalho, mesmo que não seja o ideal para ele, de qualquer maneira a pessoa pode sair e ir para outro emprego se conseguir por conta própria algo melhor, ou então o próprio programa se encarrega disto.-o desempregado é obrigado a comparecer semanalmente no ministério do trabalho e provar que está procurando emprego.Quer dizer, o benefício garante que ninguém irá passar necessidades, mas por outro lado exige empenho por parte do beneficiado.Quanto à questão dos primeiros passos na vida…bem, lá paga-se em torno de 50% de impostos, e têm-se:-estudo gratuito desde o pré até a pós graduação;-sistema de saúde invejável;-paga-se pedágio uma única vez ao ano, a partir deste primeiro pagamento, pode-se viajar quanto quiser por 1 ano.Eu quero isto para nós.Agora pergunto: se fosse implantado esse sistema aqui no Brasil, quantas pessoas iriam ser honestas, e abrir mão do benefício assim que conseguissem trabalho?Infelizmente a malandragem e a trapaça está no sangue da maioria dos brazucas, e nossos políticos são apenas um reflexo do povo."Quem se engana, apenas atrai aqueles que querem enganar"Bom feriado!

    Resposta
  11. andre

    >ArkAngel, lembrando do bom e velho Shakespeare, a Dinamarca é menor que o Amapá, lá é possível fazer política social nessa abrangência, sem contar que é um país com elevado IDH. Outra coisa é o nosso continental Brasil, o maior´páis da américa latína. Complicado né, essa comparação.Pra voce tamém um bom feriado.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s