>João Pereira Coutinho arrasador na Folha.

>

Que João Pereira Coutinho seja um dos gênios do nosso tempo, não é mais nenhuma novidade. A simplicidade grandiosa com que transita entre os mais variados temas é surpreendente, e a escrita provocadora do português consegue sempre arrebatar o leitor. Não é sem motivo que sempre cuido de recomendar os textos dele aqui no blog.
Esta semana, na Folha, Coutinho assinou algo que foge, um tanto, do comum artigo de jornal. Trata-se de um verdadeiro tratado sobre o ser humano e suas vaidades. Transcrevo abaixo apenas alguns trechos, que deveriam ser lidos com atenção por algumas pessoas que se acreditam superiores às demais. A íntegra, para assinantes do jornal, está aqui (em link aberto, aqui).
A PERVERSIDADE é o único desporto que pratico. Com regularidade. Um exemplo: alguém me apresenta uma celebridade, dessas que são conhecidas por serem conhecidas, e eu finjo que nunca ouvi falar. “Como é mesmo o seu nome?”
 
(…) A minha perversidade não é um traço de caráter. De mau-caráter. É, quando muito, uma experiência sociológica: as pessoas podem ter todos os aplausos do mundo; podem ter legiões de assessores, adoradores e puros escravos; mas se não existe uma personalidade segura e forte por detrás da máscara, qualquer pequena pedra na engrenagem faz tremer e descarrilar a máquina. Eu sou essa pequena pedra.
 
(…) Desconfio que as celebridades ocas que encontro com frequência teriam muito a aprender se, de vez em quando, desligassem a sua vaidade da máquina. E viessem cá para fora viver.
—–
Eu também pratico essa “perversidade”…
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s