>Emir Sader: o melhor exemplo do "intelequitual" brasileiro.

>

Emir Sader é um caso para ser estudado… Em nenhum outro país do mundo um sujeito capaz de cometer os estupros gramaticais que ele comete, seria lido a sério. Aqui, não apenas é lido, como também é considerado um dos maiores pensadores da atualidade. Não fica difícil de entender por que as universidades brasileiras são o que são…
Vejam abaixo um texto do sujeito, transcrito exatamente como no original. Sader é, sem dúvida, um sujeito unjido pelo Espírito Santo: ele se expressa em línguas estranhas.
O capitalismo passou por várias fases na sua história. Como reação à crise de 1929, fechou-se o período de hegemonia liberal, sucedido por aquele do predomínio do modelo keynesiano ou regulador. A crise deste levou ao renascimento do liberalismo, sob nova roupagem que, por isso, se auto denominou de neoliberalismo.
Pois é… O capitalismo traz em si mesmo o germe de sua salvação, como NÃO disse Karl Marx, ídolo-mor de Sader. Aliás, só essa micagem intelectual do marxismo já deveria ser suficiente para que os marxistas abandonassem essa “fé”.
(…) A desregulamentação levou a uma gigantesca transferência de capitais do setor produtivo ao especulativo porque, livre de travas, o capital se dirigiu para o setor onde tem mais lucros, com maios liquidez e menos tributação: o setor financeiro.
Sader tenta aplicar uma voadora na lógica, confundindo “especulação” com “setor financeiro”. Bobagem! Coisa de quem não sabe do que está falando. O setor financeiro lida com empresas as mais diversas, muitas das quais recorrem à bolsa a fim de captar recursos para fazer investimentos, não para especular. Não fosse a possibilidade de obter dinheiro para investir em pesquisas, a indústria farmacêutica não teria alcançados alguns dos antibióticos que permitiram à espécie humana chegar aos dias de hoje.
(…) É difícil para o capitalismo desembaraçar-se do neoliberalismo, etapa que marca o final de um ciclo desse sistema. A discussão que se coloca é de se o modelo chinês representa vida útil e inteligência mais além do neoliberalismo ou do capitalismo.
Olha o Sader se ajoelhando e pagando um pau monstruoso pra ditadura chinesa! Coisa linda esses pogreçistas! Tão nem aí se o país é uma tirania sanguinária. Se declarou de esquerda e contrária aozamericânu? Então eles gostam.
(…) O neoliberalismo promove um brutal processo de mercantilização das coisas e das relações sociais. Tudo passa a ter preço, tudo pode ser compra e vendido, tudo é reduzido a mercadoria, em um processo que tem no shopping center sua utopia. (…)
É isso aí! E vou dizer mais: que bom viver numa sociedade mercantilizada, onde as coisas podem ser compradas. Complicado deve ser a vida em Cuba, onde coisas pequeno-burguesas como sabonete e papel higiênico não são vendidas… Eis a utopia de Sader: acabar com a sociedade de consumo, e passar a viver num mundo socialmente mais fraterno, onde as pessoas andarão nas ruas com as nádegas empapadas de dejetos corporais, e fedendo a suor velho.
—–
P.S.1: Eu sei que é complicado compreender esse “dialeto” próprio de Emir Sader, mas não me venham pedir pra traduzir a baguaça. Usem o Google Translate.
P.S.2: A íntegra do texto dele está publicada no portal Carta Maior, e pode ser acessada aqui.
P.S.3: Engraçada essa ideologia deles, né? Começa sempre prometendo a redenção da humanidade e um futuro glorioso, de fraternidade e igualdade, mas termina sem conseguir sequer fornecer material de higiêne pro povo… É que limpeza é coisa da burguesia, que atrasa a revolução, né?
Anúncios

Uma ideia sobre “>Emir Sader: o melhor exemplo do "intelequitual" brasileiro.

  1. Daniel F. Silva

    >É o caso de todo o Brasil rezar para que o senador eleito Lindberg Farias (PT-RJ) ao menos fique vivo, não cometa nenhuma bobagem, resista ao máximo a se candidatar ao governo do estado em 2014 e consiga completar o seu mandato (eu disse "todo o Brasil", não apenas os eleitores fluminenses que o colocaram no poder). Você deve estar me perguntando: o que tem Lindberg Farias a ver com isso? Simples: Emir Sader é suplente dele. Já pensou esse cara no Senado? Se bem que não tem coisa lá muito melhor, mas sempre pode piorar.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s