>Na DITADURA PERNAMBUCANA é obrigatório elogiar o MST.

>

Leiam com atenção o que vai abaixo, publicado no Estadão Online:
“Reforma agrária – esperança para o campo, comida na sua mesa”. A afirmação, tendo como fundo fotos de trabalhadores cultivando a terra, ilustra 20 outdoors que foram afixados hoje em avenidas de Recife e região metropolitana e rodovias estaduais, como forma de retratação da Associação dos Militares do Estado de Pernambuco (AME) e da empresa Stampa que, em 2006, foram responsáveis pela veiculação de outro tipo de outdoor. Eles diziam: “Sem-terra: sem lei, sem respeito e sem qualquer limite. Como tudo isso vai parar?”.
A atitude, considerada preconceituosa, difamatória e de criminalização dos trabalhadores sem- terra, provocou a reação de entidades de defesa dos direitos humanos que recorreram ao Ministério Público do Estado de Pernambuco (MPPE) visando a impedir a continuação da campanha e a buscar uma punição.
Comento:
Desafio alguém a demonstrar, com argumentos lógicos, que a ação do Ministério Público de Pernambuco seja diferente daquela dos censores a serviços das ditaduras.
Em essência, a atuação do MPPE significa que, em Pernambuco, ninguém tem o direito de não gostar do MST. Mais que isso: é obrigatório elogiar o movimento. Isso, meus caros, é algo que não se vê em nenhuma democracia do mundo civilizado. NENHUMA!
Por que diabos uma associação não pode discordar do MST e expor, legalmente – ainda que de forma contundente -, sua opinião? O que levou os promotores de justiça pernambucanos a colocar o bando de Stédile em um pedestal, acima de qualquer crítica? Duvido, por exemplo, que suas excelências se mobilizassem dessa forma para defender – sei lá… – a Santa Madre Igreja…
Ao longo da história, outras sociedades também impediam seus cidadãos de exercer a liberdade de expressão de forma plena. É o caso da União Soviética, da China Maoísta, do Camboja, de Cuba, além de tantos outros lugares onde era/é permitido apenas concordar. É A ESSE LIXO QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PERNAMBUCO DECIDIU SE IGUALAR. Shame on you!

Não deixa de ser assustador perceber que uma instituição cuja função deveria ser garantir as liberdades democráticas, decidiu avançar de forma tão bárbara contra o objeto de sua proteção. Os responsáveis por cassar a liberdade de expressão da Associação dos Militares do Estado de Pernambuco não envergonham o Ministério Público apenas. Envergonham toda a espécie humana!
Anúncios

Uma ideia sobre “>Na DITADURA PERNAMBUCANA é obrigatório elogiar o MST.

  1. Anonymous

    >Deveria ser obrigatorio que os alimentos constantes nas cestas básicas que os membros acampados do MST recebem do governo, deveriam vir dos assentamentos já feitos. Esse movimento iria acabar rapidinho por inanição.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s