>TRAGÉGIA NO RIO: cuidado com os "acadêmicos do fato consumado"

>

Epa, epa, epa! Eu pensei que ia demorar um pouco mais antes que algum “especialista” aparecesse com todas as respostas necessárias para explicar a tragédia de hoje, no Rio de Janeiro. Que nada! São como os fiéis da Igreja do Aquecimento Global dos Últimos Dias: depois de acontecidos os fatos, apresentam uma infinidade de certezas catastróficas sobre nosso futuro, que só poderão ser evitadas se seguirmos o evangelho professado por eles.
Já há uma fila de “estudiosos” das mais diversas áreas (ciência política, sociologia, pedagogia, direito, psicologia, segurança pública, etc.) repetindo nos meios de comunicação a tese de que “armas matam” e, portanto, “é necessário que haja uma restição ainda maior sobre elas”. São os acadêmicos do fato consumado! Aqueles que, depois de ocorridas as tragédias, aparecem para dizer como elas poderiam ter sido evitadas. With all due respect, é uma posição das mais cômodas, afinal eles jamais poderão ser contraditados, não é mesmo? Percebam: bastaria dizer que se o assassino tivesse sido abduzido por ETs ontem, a tragédia de hoje não teria acontecido. E aí? Quem pode negar essa excelente tese apresentada a posteriori? Pois é…
O mais trágico, porém, é que os “intelectuais” fundamentam suas certezas em premissas flagrantemente falsas. Um dos acadêmicos ouvidos (não lembro se pela Record News, ou pela Bandeirantes) disse algo mais ou menos assim: “Ou o Brasil acorda e restringe ainda mais o acesso às armas, ou vai se tornar um país violento como os Estados Unidos. Vixe! Querem saber o que eu acho? TOMARA que o Brasil se torne igual à América!
Aqui, neste país-tropical-abençoado-por-Deus-e-bonito-por-natureza-mas-que-beleza, há 25 homicídios por grupo de 100 mil habitantes. Nos Estados Unidos são incríveis seis! Perceberam? Se o Brasil se tornar “um país violento como os EUA”, isso vai significar QUATRO VEZES MENOS HOMICÍDIOS do que temos hoje! Não sei vocês, mas para mim parece um cenário muito atraente…
Por isso digo desde o post abaixo: cuidado com os acadêmicos do fato consumado! Eles sabem as respostas para tudo, e elas sempre parecem atraentes e simples. É exatamente por isso que costumam estar erradas
Anúncios

5 ideias sobre “>TRAGÉGIA NO RIO: cuidado com os "acadêmicos do fato consumado"

  1. Anonymous

    >Caro Yashá, só passo para avisar que você já caiu na rede da Al-Qaeda eletrônica.Agora há pouquinho, fui tentar compartilhar esse seu último post no Facebook e não consegui, porque alguém (ou "alguéns", não sei como isso funciona no FB) denunciou o seu blog como "spam/conteúdo abusivo".Mandei e-mail explicando porque o conteúdo não é abusivo, dizendo que suspeitava de perseguição de cunho ideológico por causa do conteúdo "de direita" do blog, que a linguagem e o conteúdo estavam dentro dos limites constitucionais da liberdade de expressão… etc etc. Ainda não obtive resposta.Não entendo muito de internet, então, se houver algo que você possa fazer, entrar em contato com o Facebook, sei lá… enfim, tentei publicar esse seu post no meu perfil no FB e não consegui porque seu blog foi bloqueado.Abraços,Thiago

    Resposta
  2. Anonymous

    >Yashá,conseguir "enganar" o FB, copiando e colando o link diretamente no mural no meu profile. Mandei publicar e não foi bloqueado.De todo modo, a outra forma continua bloqueada ("compartilhar" no botão do FB diretamente do seu blog). O que, acho, comprova que alguém denunciou mesmo seu blog por "conteúdo abusivo".A referência à Al Qaeda eletrônica vem desse artigo aqui, do Reinaldo Azevedo:http://veja.abril.com.br/200607/p_102.shtmlHoje foi um desses dias, em que "células dormentes" – um colega meu de faculdade, bem esquerdóide – descobriu meu profile e começou a contestar tudo o que eu postava e escrevia, com aquele ar de superioridade moral que a esquerda ostenta.Valei-me, Senhor.Abraços!Thiago

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s