O revigorante exercício de planejar as férias.

Enquanto vocês planejam uma semana de “férias” na casa daquele cunhado chato bagarai, já sabendo que não vão conseguir descansar nadica de nada porque os filhos remelentos e o vira-lata pulguento dele farão barulhos infernais, eu tô aqui, de passagem comprada pra Europa

Lógico que não direi o horário da viagem, né, seus stalkers?!

A viagem propriamente dita ainda nem começou, e o negócio já tá sendo uma odisséia. O plano inicial era ir em Maio (eu devia estar na Europa neste exato momento, ignorando vocês!), mas as imbecilidades burocráticas típicas do Brasil apareceram do nada pra zoar tudo.

Imaginem que minha esposa linda e esperta tinha conseguido as três passagens por apenas 4 mil dilmas (sim, tá bem barato!), mas, graças à filha-da-putice de algumas regrinhas administrativas rascunhadas por gente com altíssimo grau de pescotapabilidade, foi preciso rever os planos iniciais e gastar mais duas mil pilas.

Uma "puta falta de sacanagem" o que fizeram com a gente...

Vocês podem imaginar a rage que isso provocou… Seguiu-se, então, o clássico mundialmente famoso entre VONTADE DE VIAJAR Futebol Clube Vs. Sociedade Esportiva PENA DE GASTAR DINHEIRO. Disputa acirradíssima e resultado imprevisível, como sói…

Quando a peleja já caminhava para a prorrogação, pensei: “Ah, sifudê! Pra que diabos a gente trabalha e junta dinheiro?! Ainda mais este ano, em que completamos dez anos de namoro. Bora viajar, sim!” E pronto!

O destino principal será, as always, a Itália. É lá que está toda a minha família (exceção feita aos meus pais, que moram aqui, e à parte que “adquiri” depois do casamento). Costumo me sentir tão em casa na Itália, que chega a ser surreal… “É estranho sentir saudade de um lugar onde não morei ou evitava morar”, como não disse Clarice Lispector.

Tamo aqui planejando um passeiozim clássico – Roma, Milão, Florença, Veneza, Padova, etc… A última vez que saí do norte da Itália foi em 2004, ou seja, faz tempo demais! Tá batendo aquela saudade boa de respirar a cultura desses lugares com milênios de história na bagagem.

Vou dar umas voltinhas por aqui. E vocês?

Certeza que vamos separar um dia (ou dois… ou três…) pra ir a Leukerbad, na Suíça. Quê?! Vocês não conhecem o lugar?!?!?! Francamente… Googleiem o nomezim da cidade aí e descubram um autêntico pedaço de paraíso: um lugar onde há neve durante o ano todo, mas também é possível ficar o tia inteiro mergulhado em piscinas de águas termais, tomando chocolate quente.

Em Leukerbad a parada é assim (evidente que a água da piscina é quente, seus jecas!).

E ainda temos que decidir se vai sobrar um tempinho pra passear em Londres e Paris (enjoy your ter que escolher entre ficar na casa da sogra, ou numa pousada sombria e cheia de mofo que certamente já foi cenário de vários crimes).

A expectativa da viagem é uma das coisas que mais gosto das férias. Aquela sensação ótima de que você vai mesmo dar um tempo daquela sua cidade chata e desembarcar em alguns dos lugares mais lindos do mundo, sabem? As endorfinas que isso libera na corrente sanguínea são uma sorte de elixir da juventude. Sem falar que eu já viajei depois que o filhote nasceu e, falando francamente, com ele viagem é bem diferente de férias. Quem é pai sabe o que eu tô falando… Por isso, o relax próprio das férias, não raro, acontece antes da viagem propriamente dita. Durante ela, é passear e gastar energia o tempo todo.

Tem a parte chata de arrumar as malas, mas isso é amenizado pela arte de calcular aquele espaço vazio extra, só pra trazer as coisas legais que a gente encontra quando vai lá por aqueles lados. Aliás, muita gente não sabe que consumir na Europa é bem menos caros do que costumamos pensar por aqui. Imaginem que alugar um carro completo durante um mês, na Itália, custa pouco mais que alugar uma carrocinha básica por dez dias, aqui neste país-tropical-abençoado-por-Deus-e-bonito-por-natureza-mas-que-beleza. São as maravilhas que só o capitalismo pode nos proporcionar…

Ah, não me odeiem, ok? Sou apenas um menino querendo viajar pelo mundo. Essa é minha vida, esse é meu clube.

Anúncios

13 ideias sobre “O revigorante exercício de planejar as férias.

  1. Adrielly Costa

    Rá meu querido, mas não se anime pois você vai encontrar pessoas tucujus nessa sua viagem como MOI hahahaha’ à plus!

    Resposta
  2. Cynthia

    Como já estive na Europa no início do ano, em Julho vou para NY!!! Se mate de inveja…Hahahahaha
    ENJOY!!! Bjo!

    Resposta
  3. Paulo Neto

    Confessa! Mudou a viagem pra agosto só pra poder curtir toda a programação do Macapá Verão aqui em julho, né?! rsrs! Cuidado com os pepinos lá pelas zoropa! rsrs

    Resposta
    1. yashagallazzi Autor do post

      Amigo, historicamente quem precisa ter cuidado com os “pepinos” europeus são as nativas brasileiras. #piadinhainfame [feministas gonna feministizar]

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s