Dez anos. E é só o começo!

Tenho certo receio de escrever sobre detalhes da minha vida pessoal, porque no meio de tantos leitores legais e gente boa, há também alguns stalkers sinistros, desses que podem acabar matando o ídolo, sabem? Mas era impossível não deixar registrado esse grandioso evento mega-inter-planetário, que se comemora neste ano de 2011: os 10 anos de namoro com a minha esposa linda.

Quando eu penso na data assim, até assusta. “Putz, dez anos já!” Mas na deliciosa rotina da vida, é diferente. Passa tudo muito rápido!

Lembro perfeitamente de quando a conheci, no dia da primeira aula da faculdade de Direito. Aliás, abro um parêntese para agradecer à Universidade Federal do Amapá: não fosse o curso de Direito beeem meia-boca que ela oferece, eu não teria encontrado o amor da minha vida. Eu vivo dizendo pra todo mundo que a melhor coisa que a faculdade me proporcionou foi encontrar a minha princesa linda. Also, acredito que levei vantagem sobre meus colegas de curso: eles saíram de lá com um diploma. Eu saí com um diploma e uma esposa.

Nos conhecemos em março de 2001 e eu caí de amor logo de cara. Não pensem que tô recorrendo a hipérboles! Sabem esses clichês de “amor à primeira vista”? Pois é, foi exatamente assim. Fiquei abobado, querendo só vê-la, ficar perto dela, falar com ela. Evidente que ela percebeu de cara meu interesse (mesmo porque eu não me esforçava lá muito pra esconder…), mas fez aquele charminho típico, sabem? Ficamos eu me declarando que nem um louco, de um lado, e ela, me dispensando reiteradamente, do outro. Isso até outubro daquele mesmo ano, quando aí chegou aquele capítulo que a audiência mais esperava…

Numa bela noite eu declamei Vinícius e entreguei uma flor pra ela na frente de vários amigos, num gesto que pegou ela totalmente de surpresa e deve ter despertado aquela vontade “sadia” de me esganar. Mas havia testemunhas, e isso, creio, me salvou…

Aí passaram-se mais um punhadinho de dias e, em 25 de outubro de 2001, demos o primeiro beijo do resto de nossas vidas e começamos a namorar. Sim, há detalhes cinematográficos envolvendo esse episódio também, mas vou preservar minha intimidade. Enjoy your relacionamento meia-boca que começou num agarramento afobado dentro do banheiro de alguma boate chinfrim e terminou com a periguete grávida por acidente…

Em abril de 2004 ficamos noivos e, em dezembro de 2005 casamos. E, olha, xeu falar uma coisa pra vocês: sabem essas histórias de que “casamento é difícil” e “muda tudo no relacionamento”? Pois bem, é mentira! No nosso caso, o casamento é igual ao namoro, com a diferença que a gente não precisa ir cada um pra sua casa no final de um ótimo dia. Casamos aos 22 anos, absurdamente novos para os padrões modernos. Apesar disso, digo sem medo que teria casado antes, se pudesse.

Nós dois viramos três em janeiro de 2009, quando o Lucas nasceu. E aí não tem sonho que sirva de parâmetro… Foi tudo perfeito demais! Lindo demais! E tudo isso em apenas dez anos! Sério, parece que foi ontem…

Pois bem, eu tava quebrando a cabeça desde o ano passado, pensando que presente dar pra ela nessa data tão significativa. Aí pensei em fazer algo diferente: tentar realizar aqueles sonhos de criança, sabem? Aquelas “bobagens” que a gente sempre desejou desde pequeno, mas que o passar dos anos faz deixar pra escanteio porque aparecem as “prioridades”. Bom, pensei, pensei e decidi dar isso:

Agora ela tem algodão doce o tempo todo!

 Yep, eu dei pra ela uma MÁQUINA DE ALGODÃO DOCE! E lembro dela comentando, ainda no começo do namoro, que sempre teve vontade de ter uma dessas em casa, “desde pequena”… No momento em que me ocorreu a idéia, tive certeza de que ela iria adorar. E adorou!

Pra abrir as comemorações (afinal o aniversário mesmo será só dia 25 de outubro, mas presente maneiro a gente dá o tempo todo!) achei que seria uma ótima escolha. É aquela coisa: eu poderia ter dado brincos de diamante, mas ela não poderia comer eles! Isso sem mencionar que o significado não seria o mesmo.

Sim, meus caros. Essa coisa do significado conta muito. Dar a “tão sonhada” máquina de algodão doce é mostrar que eu lembro de tudo, inclusive dos desejos mais infantis, malucos e sem sentido. Em outras palavras, é como dizer que dar jóias é lugar-comum em qualquer relacionamento. E é justamente porque não temos qualquer relacionamento, que preferi o brinquedinho acima.

O mais legal, é que a satisfação dela me faz ter ainda mais vontade de arrumar outros presentes surpreendentes para este ano tão especial. Aliás, já tenho em mente um outro bem maneiro, também inspirado por um desejo antigo dela. Morram de curiosidade!

Anúncios

8 ideias sobre “Dez anos. E é só o começo!

  1. Nathalia Rodrigues

    Lindooo. Eu lembro da primeira vez que a Rê viajou quando vocês já estavam namorando. Inventávamos várias coisas pra fazer e não bater aquela tristeza.
    E assino em baixo, MAIS APAIXONADO QUE ESSE MEU AMIGO YASHÁ, NÃO EXISTE!

    Resposta
  2. Rejane

    Adorei seu texto!!! Mas fico sem saber o que escrever pra vc… São os 10 melhores anos da minha vida! E realmente foi amor a primeira vista. Percebi logo que vc tinha tudo o que eu sonhava encontrar no meu “príncipe encantado” e estava ali, na minha frente. Precisei de alguns meses pra ter certeza de que era real!! É desde então tudo tem sido perfeito, do jeito que eu sonhei!! Te amo muito!! E pra sempre o principal objetivo da minha vida vai ser te fazer feliz!!

    Resposta
  3. Greice Quelli

    Nossaaa que lindo…PARABÉNS pelo lindo casamento.
    Ao ler sua história fui lembrando da minha historia com meu marido que no dia 09 de outubro de 2011 fizemos também 10 anos, passou um filme em minha cabeça de momentos lindos que ficarão eternamente empregnados nas paredes de minha memoria…
    PARABÉNS AO AMOR DE VOCÊS.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s