Crise nozestadunidos? Que crise?!?!

A imprensa mundial desfilando um especialista atrás do outro, todos com ar soturno, apresentando visões terrificantes de um amanhã apocalíptico pós-default

Palpiteiros de todas as estirpes digitam freneticamente seus artigos armagedônicos, leonardoboffizando o debate ao cravar – pela caralhonésima vez! – o “fim do império americano”…

Esquerdistas excitados babam diante de profecias emirsaderianas acerca do “capítulo final do capitalismo estadunidense”…

Aí eu ligo na CNN, esperando ver cidadãos americanos lutando enquanto procuram comida nos lixões, e enforcando políticos e banqueiros em praça pública, mas dou de cara com notícias sobre o começo da temporada 2011/2012 da NFL. Afinal, parece que a coisa não é assim tão feia, como bem lembrou o The Drunkeynesian:

O dinheiro do tesouro americano “acabando”, a mídia tentando vender o começo da era Mad Max, Obama na TV pedindo pelamordedeus para os congressistas chegarem em algum consenso e… a taxa dos títulos de 10 anos do tesouro americano caminha para fechar o mês no nível mais baixo do ano. Os bond vigilantes estão tranquilos nas férias de verão. Ou eles são malucos, ou a discussão é tão consistente quanto espuma de sabão e vale pouco mais que uma nota de três dólares. Escolha seu lado.

Pois é, eu escolhi o meu e fui comprar cerveja importada e Pringles, pra curtir de boa o tradicional monday night football, que retornará em breve. E acertei, como se viu ontem, quando o Presidente-de-ébano anunciou que Democratas e Republicanos – oh, surpresa! – haviam chegado a um acordo.

Quem apostou todas as suas fichas na derrocada dozestadunidos quebrou solenemente a cara. De novo!

Anúncios

Uma ideia sobre “Crise nozestadunidos? Que crise?!?!

  1. João

    O acordo é, sinceramente, só fumaça e espelhos. Corte de 1 trilhão de dólares em DEZ ANOS? Sinceramente, quem realmente acredita que um político vai, no futuro, realizar cortes reais de gastos para ser conhecido com o carrasco malvado que impediu o caminho do povo ao paraíso do bem-estar social gerado através de dinheiro e pó de pirlimpimpim? Os cortes serão uma diminuição no aumento dos gastos, como sempre. O Obama espera conseguir adiar o problema do déficit público dos EUA por mais alguns anos, como se enterrar a cabeça na areia fosse resolver algum problema – se bem que isso se encaixa no “estilo Obama” perfeitamente.
    O Brasil, esperto que é, copiou esses modelos de estado baseados no endividamento público indefinido juntamente com muito, muito gasto público, acreditando que EUA e Europa cresceram porque o estado decidiu torrar dinheiro a torto de a direito. Acham que os EUA estão em apuros? Ora, vejam como está o Brasil. O governo arrecada cada vez mais impostos, mas também precisa arrecadar cada vez mais para fazer o mesmo, ou menos do que o mesmo. Por quanto tempo acham que isso vai durar?

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s