Férias na Itália (#2): Lago di Garda + parques de diversões

Tenho certeza de que todos vocês já ouviram falar da Riviera Francesa. Sim, trata-se de um lugar lindo – longe de mim negar isso! Mas, falando francamente, é muito overrated… No litoral francês, exatamente por conta da badalação em torno do lugar, qualquer viagem significa dar de cara com uma multidão de gente. Isso, é evidente, dificulta tudo: desde arrumar uma vaga num estacionamento, até conseguir lugar num restaurante. Sem mencionar que os preços na Riviera francesa são extorsivos (tudo é muito mais caro que em Paris, por exemplo).

Mas não se preocupem! Eu tenho a solução pra vocês: esqueçam o litoral da França e visitem a região do Lago di Garda, na Itália. A beleza do lugar não perde em absolutamente nada para o destino transalpino mais badalado:

Sintam a maravilha!

O lago fica no norte da Itália, a apenas 45 minutos de carro de Verona. Lembram do Parco-Giardino Sigurtà? Está também a cerca de 40 minutinhos de Garda. Para situá-los um pouquinho mais, saindo de Milão ou Veneza, a viagem demoraria cerca de duas horas.

Atenção agora: todas (sim, todinhas!) as cidades que costeiam o Lago são LINDAS e merecem ser vistas. Não, eu não estou exagerando! Taí o mapinha da região (cliquem para ampliar):

Escolham uma cidadezinha ao acaso: ela será MARAVILHOSA!

As que conheço mais são Desenzano, Sirmione, Peschiera, Lazise e Bardolino. São cidedades pequenas e bucólicas, tipo Canela e Gramado, no RS (talvez até menores!), e podem ser visitadas em um ou dois dias. Mas quando eu digo que qualquer lugar lá é lindo, I mean it! Vejam, por exemplo, uma foto de Limone, um povoado pequeno lá no noroeste do lago:

Essa é definitivamente a casa de veraneio de Deus!

Pois bem, ao longo de todo o Lago, é possível encontrar praias belíssimas, banhadas por uma água naquela cor perfeita entre o azul e o verde, sabem? Em cada esquina há um restaurante e todos (sim, todos mesmo!) preparam uma comida deliciosa, por um preço muito acessível. By the way, ir a restaurantes na Europa é bem mais barato do que o senso comum acredita aqui no Brasil. Nós gastamos sempre mais ou menos a mesma coisa que se gasta saindo pra jantar em Macapá!

É evidente que existem exceções, como por exemplo a Suíça, onde tudo é mais caro. Mas a regra geral é conseguir comer muito bem pagando menos que num estabelecimentozinho meia-boca aqui dessas bandas.

Um exemplo que uso para ilustrar isso: no alto da Torre Eiffel há um restaurante onde é possível almoçar por apenas 18 euros. Isso é menos de 45 reais! E, sim. Vocês entenderam direito: eu disse que fica no alto da Torre Eiffel, com vista pra toda cidade de Paris. Agora tentem almoçar com 45 reais no Cantinho Baiano, olhando a orla maltratada de Macapá…

Mas já divago… Falarei com mais vagar sobre isso em outro post. Bora voltar ao Lago di Garda:

Precisa dizer alguma coisa?

Para quem não se contenta em sentar preguiçosamente às margens desse paraíso (como eu fiz), é possível alugar pedalinhos (que actually funcionam, não como os da Praça Floriano Peixoto…) e rodar pelo Lago livremente. Pra galerinha proprietária de iPhones e iPads, há ainda a opção de alugar um barco e enjoyar ainda mais o passeio (os Android users não terão dinheiro pra isso, como se sabe).

E que tal ficar até o final do dia, sentar para jantar num restaurante de frente pro Lago e apreciar um pôr-do-sol dos mais maravilhosos? Eu recomendo!

“]

Maravilhoso!

“Tá, é tudo muito lindo! Mas e quem curte fazer algo além de ficar sentado na beira de um lago?” Muito justo! Na área de Garda há a cidade de Bardolino, famosíssima por seus vinhos. Qualquer um pode ir até lá e passear de cantina em cantina, degustando a bebida de Baco.

“Certo, mas e quem não for pinguço?” Nenhum problema! Ali também encontramos dois dos parques de diversões mais famosos da Itália: Gardaland e Movieland. Eu já visitei os dois, e posso dizer que Gardaland é maior e tem mais atrações. Mas Movieland, apesar de menor, também vale a visita, principalmente porque dentro dele há um parque aquático espetacular!

Em Gardaland, você tem acesso a dois parques: um de brinquedos (montanha russa, e essas coisas) e um aquário muito lindo. Já em Movieland, além de um parque inspirado nos clássicos de Hollywood, você tem acesso a um parque aquático grande cheio de atrações (piscina de ondas, escorregadores gigantescos, etc…). My point is: os dois são ótimos e valem a visita. Eu aconselharia assim: quem tem menos tempo, ganha se for a Movieland, que é fisicamente menor. Se tiver mais tempo, Gardaland oferece mais atrações. Se, porém, tempo não for o problema, vá aos dois!

Coloquei ao longo dos textos uns links para fotos dos parques. Se vocês googlearem vão encontrar muita coisa, também. Larguem mão de preguiça e cuidem de fuçar na internet, oras!

_____

Bônus game: quando forem à região do Lago di Garda, mais especificamente à cidade de Lazise, não deixem de jantar no Café-Gelateria Riviera. Além da excepcional culinária italiana, há sobremesas maravilhosas! E o mais legal: o lugar é povoado por brasileiros! Quando fomos lá (por puro acaso), fomos atendidos por uma brasileira que paparicou o filhote a noite toda! Uma galera muito simpática mesmo.

_____

P.S.1: O ingresso para os dois parques de Movieland (brinquedos + parque aquático) sai por 29 euros (umas 65 dilmas, fazendo a conta de cabeça). Em Gardaland o ingresso é 39,50 euros para o parque de diversões + aquário. Dá uns 85-90 reais, por aí. Larguem mão de ser miseráveis e vão pra lá, seus farofeiros usuários de Android!

P.S.2: Site oficial de Gardaland aqui; o de Movieland aqui.

Anúncios

10 ideias sobre “Férias na Itália (#2): Lago di Garda + parques de diversões

  1. Paulo Neto

    Android Users pra cá… iPad/iPhone Users pra lá… Eu uso Nokia e me sinto discriminado neste blog! Seu “Racista”…! #Symbian4Ever 😛

    Resposta
    1. yashagallazzi Autor do post

      AINDA usa Nokia?! É esse o exemplo que você quer passar pra sua filha?! 😉

      Resposta
      1. Osvaldo Aires

        Puxa!!! E eu que não uso nenhum Android/iphone/NokiaLumia e etc??? E nem viajo…

        Copenhague: Vejam como os passageiros da Estação Central de Copenhague começaram bem a tarde – Flashmob:
        http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/03/flashmob-veja-como-os-passageiros-da.html

        Lugares delgados, onde renovamos nosso olhar sobre as coisas
        http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/04/viagensferiasturismo-lugares-delgados.html

        Abraço a Todos
        Osvaldo Aires

        Resposta
  2. Anônimo

    Eu e meu marido estávamos em Veneza pegamos um trem fomos a Desenzano e de barco, fomos a Sirmione visitamos a ruína de um castelo e almoçamos num delicioso restaurante de frente pro lago e passamos o dia inteiro uma gostosura e depois pegamos o trem pra Milão, eu recomendo muito !!

    Resposta
  3. Anônimo

    Já fiquei em Desenzano del Garda,lugar maravilhoso ,quero voltar,italianos calorosos me senti especial,melhor pizza do mundo regada ao melhor azeite e vinagre balsâmico!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s