Dilma na ONU: era melhor ter mandado um saci…

E o discurso da presidente Dilma Rousseff na ONU, heim? Fizeram tanto alarde por conta da “primeira mulher a inaugurar uma Assembléia-Geral”, que por um momento até acreditei que ela pudesse falar coisa com coisa. Que nada! Teria sido melhor para o Brasil se um saci tivesse ocupado a tribuna: ineditismo por ineditismo, aposto que nunca antes na história deste país do mundo um saci falou na ONU…

Vejam algumas poucas passagens da fala de Dilma:

Primeira mulher

“(…) pela primeira vez, na história das Nações Unidas, uma voz feminina inaugura o Debate Geral. É a voz da democracia e da igualdade se ampliando nesta tribuna que tem o compromisso de ser a mais representativa do mundo. (…) Divido esta emoção com mais da metade dos seres humanos deste planeta, que, como eu, nasceram mulher, e que, com tenacidade, estão ocupando o lugar que merecem no mundo. Tenho certeza, senhoras e senhores, de que este será o século das mulheres.”

Alguém precisa chegar na presidente e dizer que entre ser mulher e ter voz feminina vai uma graaande diferença… Legal mesmo, porém, é essa bravata do “século das mulheres”. Você, moça estudiosa e esforçada que anda com vontade de conseguir um emprego melhor, pode se animar: agora que a ex-terrorista discursou na ONU, tudo vai acabar se ajeitando pra você e pra todas as outras mulheres deste mundo!

Tapa na cara de Cuba

Repudiamos com veemência as repressões brutais que vitimam populações civis.”

Vixe, acho que Fidel Castro, Hugo Chávez e Mahmoud Ahmadinejad, não vão gostar disso…

Conselho de Segurança

“O Brasil está pronto a assumir suas responsabilidades como membro permanente do Conselho. Vivemos em paz com nossos vizinhos há mais de 140 anos. Temos promovido com eles bem-sucedidos processos de integração e de cooperação.”

Aham, Dilma. Senta lá, junto com a Cláudia, vai. Vaga no Conselho de Segurança depois de ter ABRAÇADO A XUMBROCA do terrorista assassino Cesare Battisti?! Vai sonhando, neguinha… Aliás, graças a Deus temos os Estados Unidos, para garantir que uma aberração dessas nunca vai acontecer! No mais, se “viver em paz com os vizinhos” e “promover processos de integração com eles” fosse critério, a Suíça mereceria mais que qualquer outro país, né?

Estado palestino

“O reconhecimento ao direito legítimo do povo palestino à soberania e à autodeterminação amplia as possibilidades de uma paz duradoura no Oriente Médio. Apenas uma Palestina livre e soberana poderá atender aos legítimos anseios de Israel por paz com seus vizinhos, segurança em suas fronteiras e estabilidade política em seu entorno regional. Venho de um país onde descendentes de árabes e judeus são compatriotas e convivem em harmonia – como deve ser.”

Sim, sim… Tudo muito lindo, etc e tal. Mas, vem cá: nem uma mísera palavra de condenação ao Hamas, ao Hezbollah e aos demais braços armados do fascismo islâmico?! O que amplia as chances de uma paz duradoura no Oriente Médio, Dilma, não é o reconhecimento de um estado palestino. É, antes, o reconhecimento, por parte dos palestinos, do direito que Israel tem de existir. Antes de querer cadeirinha na ONU, os palestinos precisam abdicar oficialmente do terrorismo, isto é, desistir de querer varrer Israel do mapa! Ou esse passo é dado, ou, sinto dizer, continuará sendo impossível sentar à mesa para negociar.

Todo o mundo civilizado – inclusive Israel – já se declarou favorável à solução de um estado palestino. O problema é que o Hamas, a quem os palestinos entregaram o governo de Gaza, simplesmente não aceita que Israel exista! Para eles, judeus são “cães infiéis”, que precisam ser exterminados. Como diabos sentar à mesa com gente assim?! Logo, primeiro eles que cuidem de colocar um fim nos terroristas de lá, depois pensem em pedir coisas à ONU, ok?

Além disso, Dilma, você ser de um país “onde descendentes de árabes e judeus são compatriotas” não quer dizer absolutamente nada! Isso não a torna especialista em assunstos do Oriente Médio, dona. Seria como se um italiano saísse por aí se dizendo grande pintor, afinal ele vem da terra de Da Vinci…

Nunca antes na história do mundo uma mulher abriu uma assembléia da ONU – falando tanta baboseira!

Anúncios

2 ideias sobre “Dilma na ONU: era melhor ter mandado um saci…

  1. Cayke

    Cara você nunca estudou? Não defendo político nenhum ! Mas ela defendel muinto bem a bandeira do Brasil! Suas palavras são de um liguagem bastande formal por isso maioria das pessoas não conseguem conpreender. Até porque a maioria dos presentes são Presidentes,Ministros,Senadores e pessoas com grande poder de intelectualidade.

    Resposta
  2. Paulo Neto

    hahahahahaha…!! Se vossê precizar de ajuda na gramática, pode falá com migo. Inglêz eu num sei muinto beim, mas Portuguêz eu çol féra, entendel…?!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s