Receitinha #1: capeletti de carne mergulhados no creme de batatas, palmito, aspargos e bacon.

Como este é um blog fidalgo, freqüentado apenas por pessoas nobres que vivem na excelência, decidi que chegou a hora de livrá-los do miojo-com-sardinha de cada dia, revelando a todos as maravilhas da boa culinária. Ou, em outras palavras, pode-se dizer que como o blog é meu, eu posso escrever sobre o que bem entender. E deu vontade de subir umas receitinhas maneiras. E, não! Isso não é um sinal de anamariabraguização do blog! No máximo seria uma jamieoliverização, hehehe.

Mas vamoquevamo! Pra começar, uma prato simples, prático e bem saboroso, que fará com que seus familiares e amigos parem de olhá-lo como um mendigo possuidor de celulares android, para considerá-lo, finalmente, um adulto independente, digno de respeito e consideração. Ao trabalho!

INGREDIENTES

– Meio pacote de capeletti de carne (fala sério, vocês pensaram que íamos preparar a massa?! Pelamor de Deus, né? Eu tenho mais o que fazer da vida.);

– 3 batatas grandes;

– 5 palmitos pequenos;

– 3 aspargos (desses que são vendidos em conserva, mesmo);

– 3 fatias fininhas de bacon;

– 1 tablete de caldo de galinha;

– 1 macinho de salsinha;

– Azeite;

– Pimenta do reino.

PREPARO

Descasquem as batatas e coloquem pra cozinhar. O ponto ideal é quando vocês espetarem as batatas com um garfo e elas quase se partirem. Aí será hora de tirar do fogo. Mas isso demora um tempinho, então enquanto elas tão lá na panela bora aproveitar pra preparar os demais ingredientes.

Cortem os palmitos em rodelas e “esgarcem” os aspargos, usando uma faca. Não entenderam? Seguinte: vocês pegam uma faca e vão cortando os aspargos. Mas em vez de fazer simples pedaços picados, meio que “arrancam” os pedaços, sacam? Assim os aspargos vão se “desfazendo” e ficam em “fiapos”. Ah, tentem aí! Tenho certeza que vão conseguir.  😛

Depois disso, peguem as fatias de bacon e levem ao fogo numa frigideira, até que eles fiquem douradinhos. Em seguida, levem ao forno em temperatura média, pra que as fatias de bacon terminem de dourar e ganhem aquela consistência crocante, bem ao estilo bacon-de-café-da-manhã-americano. Ao final desse processo, quebrem o bacon em pequenas lascas e reservem (sempre quis usar essa expressão!), junto com o palmito em pedaços e os aspargos “esgarçados”.

Nesse ponto, as batatas já devem estar cozidas (ou pelo menos quase…). Tirem elas da panela e joguem dentro do liquidificador (ou do processador de alimentos. Vai de cada um.), usando a tecla pulsar pra transformá-las em um purezim. Depois acrescentem os pedaços de palmito, os aspargos, a salsinha e a pimenta do reino, sempre “pulsando” o liquidificador para ir triturando e misturando tudo. Nada de preguiça, meu povo! Tem que bater tudo direitinho, porque é esse processo que vai garantir que o nosso creme fique com aquela consistência bacana no final.

Então, na mesma panela com água em que as batatas foram cozidas, coloquem o caldo de galinha e, depois que ele dissolver, os capeletti de carne. Prestenção agora! Capeletti cozinha consideravelmente rápido. Fiquem de olho, porque quando esitverem quase prontos será hora de acrescentar nosso purezim que tá lá no liquidificador, só esperando a vez dele. É com tudo junto e misturado na panela que o macarrão vai terminar seu processo de cozimento, ok?

No finzinho de tudo acrescentem os pedaços de bacon. Por que no final? Pois: 1) eu tô mandando; 2) assim eles não vão dissolver e ainda estarão crocantes, quando o creme for servido. Taqueopariu, deu água na boca aqui, só de explicar a receita!

Ó lá uma crostinha de bacon, navegando no meio dos capeletti. Nham, nham...

Anúncios

2 ideias sobre “Receitinha #1: capeletti de carne mergulhados no creme de batatas, palmito, aspargos e bacon.

  1. Porta Torta

    Taqueopariu dizemos nós! É sério que a receita é mesmo do nobre blogueiro?!?rsrsrs.
    Dando o pitaco no rango:
    Eu apenas tiraria a pimenta do reino e usaria pimenta caiena (muito pouco!) no cozimento e pimenta preta importada da Índia moída na hora sobre o prato ( não é picante demais e deixa um leve aroma cítrico). Mas, CADA um em seu quadrado gourmetzista!!!

    Sds,
    Porta Torta

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s