No rumo errado

Segundo pesquisa do instituto Ipsos, quase seis em cada dez brasileiros acham que o país está no rumo errado. Esse tipo de pesquisa costuma medir genericamente o sentimento geral e o humor dos cidadãos entrevistados e, sempre que aponta uma curva crescente de pessimismo, os governos da vez costumam ligar o sinal de alerta.

Já comentei aqui que pesquisas de intenção de voto a essa altura não são (ou não deveriam ser) determinantes. O essencial é conseguir ler o eleitorado para prever aquilo que ele vai querer no ano eleitoral – e conseguir, dessa forma, entregar um “produto” que tenha apelo.

Pois bem, que o sentimento do brasileiro médio com relação ao governo do PT não é mais aquele de outrora, todos já percebemos. Há espaço para apresentar um discurso de mudança sem soar como sabotador daquilo que o cidadão comum considera como “conquistas sociais” da gestão petista. Contudo, é indispensável que se consiga articular um discurso capaz de, primeiro, captar a atenção do eleitor e, segundo, ganhar-lhe o coração.

As balizas para que se possa colocar na TV uma proposta de país diferente da do PT estão aí, aos olhos de todos: economia saindo dos trilhos, pessimismo quanto ao futuro, ausência de um ícone personalista, além do desgaste natural decorrente de uma década no poder. Mas não se ganha eleição por gravidade, esperando em berço esplêndido que os eleitores insatisfeitos fluam para um candidato de oposição: é preciso saber passar a mensagem certa.

Saberá a oposição fazer isso, ou estará até as vésperas do pleito mais ocupada em disputar o comando interno de um partido, do que o comando da nação?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s