Muito timidamente, a Folha fala sobre a máquina petista de moer reputações.

Tenho falado quase sempre (vejam dois exemplos aqui e aqui) sobre a máquina de moer reputações montada a serviço do petismo, que opera na internet. Sem constrangimento algum de chafurdar na lama, esse aparato de mídia eletrônica é acionado sempre que se faz necessário atacar qualquer um que ouse se colocar como barreira aos interesses do partido – ainda que se trate de um ministro do STF, fazendo cumprir a Constituição Federal.

Os ataques contra o ministro Joaquim Barbosa, relator da ação penal 470, conhecida como “processo do mensalão”, não são novos. Há anos os – como os chamarei? – militantes virtuais da causa petista o tratam como uma escória. Por quê? Porque chamou de quadrilha a cúpula do PT, condenada na suprema corte brasileira por tomar de assalto o Estado e colocá-lo de joelhos, submetendo-o aos interesses espúrios de um projeto de poder.

Eles não aceitam isso. Pior: acham uma afronta daquele que deveria ser grato a Lula – e ao PT – por ter sido “o primeiro negro” a chegar ao STF. O mais recente ataque a Joaquim Barbosa, sempre usando um viés vergonhosamente preconceituoso, foi desferido pelo “Blog da Dilma”, autoproclamado o maior portal da presidente na internet. Abaixo a imagem lá publicada (e reproduzida, hoje, pela Folha):

13268764

Transcrevo abaixo um trecho da matéria da Folha, que traz também as declarações dos responsáveis pelo “Blog da Dilma” sobre o caso. Aconselho todos a segurarem o vômito (os negritos são meus):

Um site que promove a presidente Dilma Rousseff na internet desde 2008 virou fonte de constrangimento para o Palácio do Planalto nos últimos dias, ao associar o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, à imagem de um macaco.

A associação foi feita há uma semana pelo Blog da Dilma para ilustrar um artigo do ex-deputado federal pelo PT Luiz Eduardo Greenhalgh sobre o julgamento do mensalão. A ilustração era composta por um macaco sorridente em primeiro plano, Barbosa ao fundo e uma legenda: “Ainda vai Barbosinha? kkkkk”.

O episódio foi criticado nas redes sociais por pessoas que consideraram a associação racista com Barbosa, que é negro. Após cinco dias no ar, a imagem foi substituída por uma foto do próprio Greenhalgh e o site divulgou um texto intitulado “Racismo não”.

(…) O governo procurou ficar longe da confusão. “O único blog vinculado com a presidenta Dilma ou com a Presidência da República é o Blog do Planalto, administrado pela Secretaria de Imprensa da Secom”, disse o porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann.

(…) Criado em 2008, antes da eleição da presidente, o Blog da Dilma reproduz artigos e vídeos publicados antes em outros sites. Ele se intitula “o maior portal da Dilma Rousseff na internet”, tem perfil no Facebook, canal no YouTube e conta no Twitter para divulgar textos sempre elogiosos à presidente.

O funcionário público Daniel Bezerra, editor responsável do blog, disse que a substituição da foto foi uma medida tomada para “acabar logo com a polêmica”. “Não foi racismo. Utilizamos esse banner do macaquinho há muito tempo. É uma piada. Em Fortaleza, onde moro, macaco é sinônimo de alegria, afirmou à Folha. (…)

Notem que se está no melhor dos mundos para o Palácio do Planalto: há uma legião (como os demônios!) na internet operando as engrenagens da máquina de destroçar reputações alheias, mas ao PT basta dizer que o blog não é oficial. Entendo…

Ora, se não é oficial e não conta com o aval do governo, por que está no ar desde 2008 usando o nome e a imagem da presidente? O Planalto já questionou isso, para que ~terceiros~ não continuem associando Dilma a postagens tão abjetas? Claro que não! Afinal, como dito alhures, esse tipo de gente acaba ajudando o PT, ainda que de modo oblíquo.

O governo poderia, por exemplo, ter acionado a Secretaria de Promoção de Políticas de Igualdade Racial, que, quero crer, poderia adotar alguma providência diante de tão vergonhoso episódio. Não o fez, claro. Eu, porém, tomei a liberdade de relatar o episódio na fan page que a Seppir mantém no Facebook (cliquem na imagem para ampliar):

Secretaria racial joaquim barbosa

“Ah, mas não vai dar em nada.” Pode ser que não dê. Mas a máquina de mentiras e destruição de reputações do petismo só será destruída de uma vez por todas se atos abjetos como este não forem tratados como “piada”. Aceitar a desculpa de que “em Fortaleza macaco é sinônimo de alegria” é condescender com a barbárie de quem esperava subserviência do primeiro negro a chegar no STF, apenas por ser ele um… negro!

Anúncios

3 ideias sobre “Muito timidamente, a Folha fala sobre a máquina petista de moer reputações.

  1. Felipe

    Que besteira. O blog utiliza o meme com o macaco em diversas situações. Não começou com o barbosa, e não tem conotação racial.

    Resposta
  2. André R.

    Pior que a folha não pode fazer muito, já que tem contratos publicitários com o governo federal, a grande maioria dos jornais possui, se ela jogar descaradamente “contra”, corre o risco de perder o jabá.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s