A carta

Sim, estou atrasado. De acordo com o chamado “padrão da internet”, deveria ter comentado a carta do ministro Gilmar Mendes ao senador Eduardo Suplicy há alguns dias. Ok, mea culpa. Mas, ainda assim, vou publicá-la aqui nem que seja a título de registro histórico. Sim, porque essa carta mereceria ser impressa e afixada em cada sala de aula do país.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s