Ministro do TSE julga a favor de Dilma. CURIOSIDADE: ele foi advogado dela em 2010.

Depois o Olavo de Carvalho fala que rola um aparelhamento ideológico das instituições públicas e nego chama ele de louco. Vão vendo:

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou nesta segunda-feira uma liminar pedida pelo PSDB para proibir a presidente Dilma Rousseff de realizar reuniões para discutir a campanha eleitoral no Palácio da Alvorada. A representação foi proposta na última sexta-feira, em resposta a um encontro ocorrido na quarta-feira entre Dilma e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na residência oficial da Presidência da República. Para o ministro, não há indícios de irregularidade em uma análise superficial. [Leiam mais aqui]

 Agora vamos ao fato curioso: o ministro em questão foi advogado de Dilma em 2010. Vejam:

E tem mais! O mesmo ministro, que achou normal – “numa análise preliminar” – a presidente usar seu horário de trabalho e as instalações da Presidência para fazer campanha eleitoral, entendeu que era necessário tirar do ar o facebook de um candidato da oposição.

Eu acho que tá pouco o aparelhamento. Tem que aparelhar mais!

Anúncios

2 ideias sobre “Ministro do TSE julga a favor de Dilma. CURIOSIDADE: ele foi advogado dela em 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s