Ibope confirma: tendência de Dilma é de queda e Aécio se consolida como alternativa mais forte da oposição.

O Ibope divulgou hoje uma nova pesquisa, que confirma a tendência apresentada nos últimos meses por todos os institutos: Dilma está derretendo. Aos números:

Vamos lembrar o que aconteceu desde junho de 2013, quando explodiram os protestos de rua: Dilma despencou e viu sua popularidade desaparecer. Depois disso, ensaiou uma recuperação (na época, João Santana, marqueteiro do PT, chegou a dizer que os adversários de Dilma não passavam de “nanicos”…), mas rapidamente o movimento se estagnou. Dilma mostrou que seu teto é demasiado baixo para um governante em busca de reeleição. E recomeçou a cair, lenta e gradualmente.

“Mas ela segue liderando com folga e a oposição demora a crescer.”, lê-se em alguns jornais e blogs. Reiterando algo que venho dizendo há tempos, insisto: a essa altura, interessam menos os números em si mesmos e mais a curva de cada candidato. O que norteia as campanhas nesse período são as tendências e as reveladas nos gráficos acima são claras: Dilma está se esvaziando.

Vejam, em especial, a simulação de 2º turno contra Aécio: em um mês a vantagem da presidente diminuiu de 27% para 21%. Repito: isso em um mês! Se tomarmos o gráfico de novembro pra cá, vemos claramente que a curva de Dilma é pra baixo e a de Aécio é pra cima. E aqui, são necessárias três observações: (a) o horário eleitoral, que permitirá aos candidatos de oposição uma exposição regular e constante diante do país, ainda não começou; (b) ainda não recomeçaram os protestos de rua, que tendem sempre a atingir mais o governo que a oposição; (c) o levantamento do Ibope foi feito antes de medir o impacto do programa de TV do PSDB, que irá ao ar esta noite.

Longe de dizer que Dilma já perdeu ou que este ou aquele candidato ganharam, quero apenas mostrar que o favoritismo do PT, tão largamente cantado pelos institutos de pesquisa e pela imprensa (a mesma que o partido chama de “golpista”…) está bem menor. Dilma conta com cerca de 34% de aprovação e abaixo disso nenhum governante conseguiu se reeleger. Vou além: se cair um pouco mais, periga não ter nem o um terço histórico que o PT sempre conseguiu.

Não tenham dúvidas; a eleição será animada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s