Pesquisa da CNT confirma a tendência: Dilma cai e Aécio sobe.

A nova pesquisa da CNT, divulgada hoje (íntegra aqui), vai deixar sem sono a turminha lá do Planalto. Antes de arriscar uma análise profundamente elaborada e tecnicamente embasada uns pitacos sobre a pesquisa, volto a ressaltar algo que venho repetindo desde sempre aqui: as pesquisas eleitorais contam menos pelos números de intenção de voto e mais pelas curvas – pois estas revelam as tendências. Dito isso, faço desde já uma síntese dos três pontos que considero mais relevantes:

1) Rejeição de Dilma

Nada menos de 43% (QUARENTA E TRÊS!) dizem que não votam em Dilma de jeito nenhum. A barreira psicológica dos 40% foi superada e já se pode dizer que os marqueteiros do Planalto estão a todo vapor tentando bolar um plano de reverter esse quadro. Com 43% de rejeição – atenção agora! – Dilma não se reelege!

2) 79% acham que o custo de vida aumentou

Lembram daquele papo de que economia decide a eleição? Então, eu não acho que ela sozinha resolva tudo, mas é fato que se o bolso está vazio, o povo está insatisfeito. E a inflação está voltando, sim. Isso não é discurso de oposição ou de quem “é contra o Brasil”. Isso é fato, basta ir a um supermercado e, na fila, puxar assunto com qualquer um pra ver.

3) 68% querem que o próximo presidente governe de forma diferente do governo atual

Esse número deve dar calafrios no PT, porque significa que o sentimento estabelecido é de mudança. E, quando isso se consolida (e parece estar caminhando para se consolidar, de forma lenda, gradual e segura), não tem marketing que dê jeito.

Além desses dados, que reputo os mais importantes, merece destaque, claro, a queda acentuada da presidente. E não por conta dos números (que são, sim, péssimos para quem busca reeleição), mas porque confirma-se a tendência já demonstrada no Datafolha e no Ibope: a curva de Dilma é pra baixo.

Também chama atenção o crescimento de Aécio, mostrando que ele foi identificado de vez como o principal nome de oposição (o que mostra que o programa de TV do PSDB funcionou direitinho onde precisava funcionar). A vantagem de Dilma sobre Aécio num hipotético segundo turno, que já chegou a ser de mais de trinta pontos, hoje é de apenas dez – e a campanha na TV ainda nem começou…

Diante de tantas notinhas plantadas na imprensa falando em “Volta, Lula!”, me chamou a atenção também o fato de que Aécio vence Lula na pesquisa espontânea: 9% a 6%. É interessante notar que o mineiro, ainda conhecido por apenas 75% da população, já seja mais lembrado que o super-popular Lula.

Por último, merece destaque o fato de que a CPI da Petrobrás ganhou as ruas e virou interesse nacional. Para nada menos que 91% dos entrevistados a CPI deve ser criada para investigar as denúncias de irregularidades ligadas à estatal do petróleo. Mas os números vão além: 80% acreditam que existiram mesmo irregularidades na gestão da Petrobrás (em especial na compra da refinaria de Pasadena) e 66% acreditam que Dilma em pessoa é a responsável por tais irregularidades.

À luz desses números, indago: por onde anda João Santana, que chamou os adversários de Dilma de “anões” e cravou que ela passaria o trator sobre eles ainda em primeiro turno?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s