Aécio já lidera entre os eleitores que conhecem bem os candidatos. Em SP tem o dobro de votos de Dilma e Campos!

Tem umas notícias que a gente lê e entende por que Lula jogou no lixo a fantasia “paz e amor” criada pelo Duda Mendonça e tá aí, despejando raiva pra todo lado. Vejam (íntegra aqui):

Este é apenas um exercício para ajudar a compreender como o cenário sucessório ainda é volúvel. Quando se isolam na pesquisa Datafolha os eleitores que dizem conhecer “muito bem” ou “um pouco” os 3 principais concorrentes, o resultado é o seguinte: Aécio Neves (PSDB) lidera com 29%, Dilma Rousseff (PT) tem 23% e Eduardo Campos (PSB) fica com 14%.

É importante notar que esse universo de eleitores é pequeno: só 20% dos eleitores brasileiros dizem conhecer muito bem ou um pouco os 3 principais concorrentes ao Planalto.

A margem de erro fica em 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Também é relevante considerar que quando o grau de conhecimento dos candidatos for bem alto para todos (em meados de setembro), nada garante que os percentuais apurados agora sejam replicados para o universo completo do eleitorado.

Mesmo com todas essas ressalvas, chama a atenção a estratificação com os eleitores apenas do Estado de São Paulo. Isso foi possível porque houve uma amostra grande na pesquisa realizada nos dias 4 e 5 de junho pelo Datafolha, que também aferiu a intenção de votos entre os paulistas sobre a disputa pelo governo local.

Em solo bandeirante e entre os que conhecem os 3 principais candidatos, Aécio Neves tem 33%. Dilma Rousseff e Eduardo Campos ficam empatados em segundo lugar, com 17% cada um. Nesse caso, a margem de erro sobe para 4 pontos percentuais.

Abaixo a tabela com os dados:

Eu quero mais uma reafirmar o que venho escrevendo desde sempre: pesquisa de intenção de voto interessa pouco (ou quase nada) antes de iniciada a campanha na TV, a meu ver. Os levantamentos servem, sim, para indicar tendências. E há algumas a serem consideradas: 1) a curva da candidata Dilma é pra baixo, enquanto que a do candidato Aécio é pra cima; 2) a desaprovação ao governo Dilma já empata (ou até supera!) a aprovação, que estacionou na casa dos 35%; 3) quando os eleitores conhecem bem Aécio, Dilma e Campos, eles escolhem o senador mineiro. Esses são os fatos concretos que temos e que, como se nota, têm tirado o sono dos petistas.

Como disse o post acima, não se pode afirmar com 100% de certeza que, depois de iniciado horário eleitoral, quando mais eleitores conhecerem bem os candidatos, a proporção se manterá. Mas, convenhamos: a lógica indica que é exatamente isso que vai acontecer, principalmente quando se considera que Dilma é conhecida por 99% dos eleitores agora.

O assombro maior para o PT é decorrente do resultado em SP, onde Aécio tem o dobro das preferências de Dilma e Campos. Ora, até as pedras do Palácio do Planalto sabem que em MG Aécio vai vencer com folga. Se conseguir uma grande vitória no maior colégio eleitoral também, Dilma e sua turma podem começar a limpar as gavetas de suas mesas…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s