Datafolha: Aécio já empata com Dilma no 2º turno

Lembram o tanto de vezes que eu escrevi aqui que número de intenção de voto interessa muito pouco, o que vale mesmo é curvatendência? Pois é, vamos olha esse gráfico abaixo:

Despenca mais, Dilma! Despenca mais que tá pouco!

A curva da Dilma é pra baixo, enquanto que a de Aécio é no sentido oposto. Há cinco meses, Dilma tinha 27% de vantagem sobre o mineiro em caso de segundo turno. Era o tempo em que os petistas se vangloriavam do show que seria a eleição, lembram? João Santana, marqueteiro de Dilma, chegou a dar entrevista chamando os adversários dela de “anões”. Pois é… Agora Dilma está tecnicamente empatada com Aécio e a campanha na TV ainda nem começou. Tenho certeza que muita gente ficou sem dormir lá no Planalto, ontem.

Olhem esse outro gráfico, sobre a rejeição de cada candidato:

Trincou a laje!

Dilma tem mais que o dobro da rejeição de seus dois principais adversários. E a rejeição dela é bastante peculiar, pois trata-se de uma rejeição consolidada. Digo isso porque a presidente é conhecida de 100% do eleitorado, ou seja, quem rejeita Dilma o faz porque a conhece bem e decidiu não querer ela de jeito nenhum.

Diferente são as rejeições dos demais, posto que ainda não conhecidos de todos os eleitores. Nessa conta aí entra um pouco de rejeição ao desconhecido, afinal é da nossa natureza repudiar aquilo que não conhecemos.

Com a campanha na TV começando, Dilma vai perder o privilégio de aparecer praticamente sozinha no noticiário. Às pessoas será dado conhecer os demais candidatos e a insatisfação com o governo Dilma poderá, finalmente, ser convertida em apreço por um nome de oposição – coisa que já acontece nas simulações de segundo turno, como se vê.

Vale mencionar os número da corrida presidencial em São Paulo, maior colégio eleitoral do país. Lá, Dilma e Aécio estão empatados já no 1º turno, com 25% das intenções de voto cada um. Num eventual 2º turno, Dilma perderia tanto para Aécio (50% a 31%), quanto para Eduardo Campos (48% a 32%). Não é preciso dizer o quão desastroso esse cenário é pra candidatura do PT, ainda mais considerando que o candidato do PSDB ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, venceria no 1º turno hoje (54%).

“Então a eleição acabou e Dilma perdeu?!” De jeito nenhum! Pesquisa não é voto na urna, mas sem a menor dúvida é indicativo de sentimento. E o sentimento difuso na população, neste momento, é o de que já deu! O enorme tempo de TV conseguido por Dilma deve estar até assustando os estrategistas do PT: como colocar na TV todo dia, por mais de 11 minutos, uma candidata tão rejeitada?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s